Guia de Profissões: CTO | tutano

Diretor(a) de Tecnologia, também conhecido como Líder de Tecnologia (Tech Lead), Gerente de Tecnologia ou a sigla em inglês CTO (Chief Technology Officer), é o cargo executivo responsável pela visão estratégica, planejamento e execução de odas as demandas tecnológicas em uma empresa.

Leia também:
» Quais linguagens de programação aprender para conquistar seus objetivos?
» 10 trampos para programadores com salários de até R$ 10 mil
» Infográfico: como é o mercado de Desenvolvedores Web no Brasil?

Entre as principais atribuições deste(a) profissional, estão liderar equipes técnicas, acompanhar tendências, buscar possibilidades de expansão e desenvolvimento, criar estratégias, gerir o desenvolvimento de projetos digitais e garantir que sua aplicação aconteça de acordo com as necessidades da empresa e/ou de seus clientes.

 

ENTÃO, O QUE FAZ?

A função de um(a) CTO pode ser resumida em 5 frentes: planejamento, estratégia, gestão de equipes, comunicação e documentação.

No planejamento, realiza o levantamento de requisitos, compreensão das necessidades da empresa e/ou de seus clientes, análise do escopo e limitação de projetos, estuda de soluções, similar a um(a) Gerente de Projetos. Também trabalham para garantir o sucesso de projetos, gerenciando tempo, processos, priorização, recursos e prazos.

Na estratégia, o(a) CTO é visionário: é ele(a) quem analisa os objetivos da organização e alinha as equipes tecnológicas para alcança-los, estuda a concorrência, identifica oportunidades e riscos, participa de decisões de gestão e governança da corporação. Ele(a) prevê e acompanha receita, despesas, lucro, precificação, etc. Além disso, estuda novos requisitos e ferramentas do mercado para garantir que as tecnologias utilizadas são as mais modernas e que melhor suprem as suas necessidades. 

Para os colaboradores, é quem motiva equipes de desenvolvimento e pesquisa, garantindo que suas atribuições estejam sendo cumpridas e equipes não sejam sobrecarregadas. Ele(a) coordena seus colegas, realiza contratação de profissionais, otimiza equipes, estimula o crescimento, analisa a necessidade de treinamento e atribui profissionais e equipes de acordo com suas habilidades.

No relacionamento, pode se comunicar com clientes, fornecedores e outros departamentos. É o(a) CTO quem disponibiliza opções para clientes e usuários, traduzindo problemas para a equipe de desenvolvimento. Também está entre suas atribuições comunicar a estratégia de tecnologia da empresa a parceiros, diretoria, investidores e colaboradores; comunicar o progresso, expectativas, cronogramas e outras métricas de produção para a equipe; estabelecer o cliente informado sobre o cronograma adequado das etapas de um projeto.

Por fim, ele(a) atua na criação e manutenção de padrões de desenvolvimento, documentação de projetos, análise de resultados para aprimoramento dos processos de trabalho, dissemniando essas culturas e padrões interna e externamente. Com isso, é possível avaliar as entregas de projetos e propor mudanças, discutir qualidade de projetos, satisfação do cliente e métricas de sucesso.

Em períodos de alta demanda, pode também dar apoio ao desenvolvimento de projetos.

 

QUANTO GANHA UM(A) DIRETOR(A) DE TECNOLOGIA (CTO)?

Segundo dados das vagas publicadas no trampos, um(a) CTO tem uma média salarial entre R$ 5.000 e R$ 12.000. Esse valor aumenta para profissionais com mais tempo de experiência, trabalhando em grandes empresas nacionais ou internacionais, chegado a R$ 16.000.

 

PERFIL E CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL

Os conhecimentos técnicos específicos para um(a) profissional Líder de Tecnologia varia de acordo com a necessidade a ser suprida. Ou seja, é diferente projetos web, de software, de sistemas, mobile ou híbridos. Porém, um requisito é geral: ser poliglota, conhecendo diversas linguagens de programação, recursos e ferramentas tecnológicas. A curiosidade, habilidade se adaptar rapidamente a mudanças e ficar antenado à tendências também é muito solicitada aos CTOs. Conheça as principais linguagens de programação para conquistar seus objetivos.

É extremamente importante que profissionais da área tenham experiência, já tendo trabalhado com grandes e complexos projetos digitais, identificando necessidades e problemas e garantindo a melhor performance de equipes.

Entre as habilidades comportamentais mais citadas por recrutadores estão:

  • Perfil empreendedor, pensamento crítico e visão estratégica;
  • Compreensão de diferentes tipos de modelos de negócios e precificação;
  • Facilidade para lidar com desafios;
  • Comprometimento com a qualidade de projetos e prazos;
  • Orientação a resultados;
  • Forte habilidade de resolução de problemas e tomada de decisão;
  • Liderança, gestão de tempo e de pessoas;
  • Perfil multitasker, iniciativa, criatividade e colaboração
  • Excelente comunicação, negociação e relacionamento interpessoal;

A formação na área (graduaçaõ ou pós-graduação) é um diferencial importante e conhecimento em outras linguagens sempre é um plus. Inglês avançado, porém, também é um pré-requisito.

 

MERCADO DE TRABALHO

O cargo de CTO é uma posição de altíssima responsabilidade e confiança, sendo necessário profissionais altamente qualificados e experientes para esta posição. Então, apesar de ser um dos cargos mais bem pagos da área de tecnologia, é também um dos mais difíceis de conquistar.

Porém, com o surgimento constante de novas tecnologias, evolução de ferramentas e necessidade de adaptação típicos da área, é uma carreira que ficará em alta por bastante tempo.

 

Quer trabalhar como CTO?

Confira todas as oportunidades na área

DEIXE UM COMENTÁRIO