Infográfico: quais os principais objetivos e formas de distribuição de press releases?

Infográfico: quais os principais objetivos e formas de distribuição do press release? | tutano

Estar no topo das pesquisas é um dos principais objetivo de quem faz press releases, mas 40% dos entrevistados dispensam o SEO

É raro que aconteçam mudanças significativas ou dramáticas no governo ou nos negócios. Mudanças incrementais são muito mais comuns. Mesmo assim, encontramos ambas as mudanças incrementais e significativas no estudo da Nasdaq Nasdaq Corporate Solutions com a PR News, que entrevistou mais de 400 comunicadores a respeito de distribuição de press releases e SEO.

Leia também:
» Infográfico: por que conteúdo para SEO?
» O quanto jornalistas e editores precisam saber sobre SEO?
» Um guia de SEO para jornalistas e equipes editoriais

SEO

Aproximadamente 75% dos entrevistados disseram que o objetivo mais importante ao enviar um press release é “gerar interesse da mídia e/ou cobertura de imprensa”. Isso é de praxe. Mas 1/4 de todos os entrevistados afirmaram que sua prioridade máxima é “ser encontrado em buscas na web”.

Essa descoberta é inconsistente com outro resultado: 40% dos entrevistados afirmaram negligenciar o SEO quando se trata de alocar tempo e recursos para eles em press releases. Em outras palavras, profissionais de Relações Públicas e Jornalismo de empresas querem que seus press releases sejam encontrados, mas não os otimizam para busca.

Pior que isso: 21% disseram considerar SEO só quando escrevem “press releases de alta importância”.

 

Distribuição

Em termos de distribuição, as coisas andam estáveis. Enquanto entrevistados indicaram que as empresas preferem enviar In terms of distribution, things look relatively stable. While respondents indicated that organizations prefer to send out media releases in a variety of ways, with company websites (85%), email (80%) and social media posts (78%) dominating, traditional methods such as newswire services also polled well (58%). The finding seemed to indicate the limits of social media in that traditional distribution will continue to have its place in a digital world.

Considerando o baixo custo de hospedar conteúdos visuais online, como fotos, vídeos e gráficos, foi surpreendente para o vice-presidente da Nasdaq, Mike Piispanen, que apenas 28% dos comunicadores “sempre” adicionassem mídias ao seus press releases.

 

Linda Rutherford, vice-presidente e diretora financeira da Southwest Airlines, achou interessante que “a maioria dos entrevistados ainda vêem o press release como forma de gerar mídia e cobertura”. Com a habilidade de consumidores de ver releases de suas marcas favoritas sem que precisem ser bombardeados por meios de comunicação, ela pensou que “haveria uma prioridade diferente ou igualmente alta para a conscientização do público geral com press releases, assim como existe essa preocupação para que sejam notados ou publicados pelos veículos”.

Piispanen, Rutherford e Mary Grady, diretora administrativa do Los Angeles World Airports, concordaram que há uma grande variedade de distribuição de release é significativa. “Há tantas opções e estamos usando muitas delas”, Rutherford afirmou. Grady acrescentou que “comunicadores precisam usar todas as ferramentas disponíveis para serem notados em um mundo sobrecarregado de informação.”

 

Confira os resultados do estudo sobre distribuição de press release e tendências de SEO:

2018-02-22_nasdaq-press-releases

Infográfico: quais os principais objetivos e formas de distribuição do press release? | tutano

Quer que seus conteúdos e releases sejam publicados em mais locais e facilmente encontrados pelo seu público-alvo?

Saiba como aplicar técnicas de SEO para o jornalismo

Não dependa do click-bait ou das redes sociais para conquistar leitores para seu conteúdo. Saiba como ser encontrado utilizando palavras-chave, ferramentas e técnicas de otimização SEO com quem manja muito do assunto.

quero saber mais sobre o curso!

Ministrante
Isabela Sperandio
Gerente de SEO
Grupo Abril

Publicado originalmente em [ PR News ]. Tradução e adaptação por Tutano.

DEIXE UM COMENTÁRIO