2016-10-26_guia-jornalistas

O Jornalismo é importante para o desenvolvimento de qualquer sociedade. A informação e a notícia fazem parte do nosso cotidiano e precisam ser tratadas com responsabilidade. Além disso, um profissional dessa área tem importância em diversos âmbitos. Em sua função original, o papel do jornalista é zelar pelo direito à informação e entender o impacto que ela tem na vida das pessoas. Este guia vai apresentar as possibilidades da profissão.

Leia também:
» Guia de Profissões: Assessor(a) de Imprensa
» Como o que você lê influencia na sua escrita
» Cris Bartis e Juliana Wallauer: “Uma democracia será tão boa quanto o jornalismo que tivermos”

É possível dizer que qualquer assunto pode ser discutido por jornalistas que possuem uma boa visão crítica dos fatos. Portanto, essa é uma característica essencial. Mesmo que o profissional seja especialista em um tema, é necessário estar a par do que acontece em diversas esferas.

Um jornalista que escreve sobre cinema, por exemplo, deve entender sobre economia e política, áreas que influenciam diretamente o campo das artes. Apesar de soar clichê, o jornalista é um eterno curioso que se interessa pela sociedade como um todo, principalmente pelas histórias que construímos.

O QUE FAZ?

Em linhas gerais, o jornalista cria, produz, distribui e recebe informações, sempre utilizando a linguagem e a forma adequadas à mensagem.

O conteúdo pode ser uma notícia, uma resenha, uma crônica, etc. O material vai depender do veículo que o profissional deseja trabalhar: jornais, revistas, canais de televisão, rádio, sites e agências de comunicação. Independente do meio escolhido, o jornalista será responsável pela formulação de pautas e cobertura dos fatos.

A essência do seu trabalho está na apuração de informações, seja através de contatos com pessoas ou em variadas fontes. Esse processo inclui também a pesquisa sobre o assunto. É preciso conhecer os melhores caminhos para confirmar uma informação e para averiguar outras versões. A formulação e revisão de textos são atribuições rotineiras dessa área.

QUANTO GANHA?

Conforme os dados das oportunidades divulgadas no trampos.co, o salário de um Jornalista Júnior varia entre R$ 1.000 e R$ 2.500. Já a bolsa para estagiários normalmente é de R$ 1.000. Oportunidades de nível Sênior têm remuneração de até R$ 4.500.

PERFIL E CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL

Dominar a língua portuguesa é a principal característica exigida pelos recrutadores, afinal, o trabalho requer bom desenvolvimento de textos. Além disso, é fundamental saber se comunicar de forma clara para que a informação seja compreendida pelo público-alvo. Esse aspecto também é importante para manter relações alinhadas com colegas e fontes.

A profissão também pede agilidade, proatividade e facilidade para lidar com pessoas (telefone, e-mail, reuniões presenciais e entrevistas). Como dito, a pesquisa é parte constante do dia a dia de um jornalista, ou seja, é preciso gostar de estudar sobre os mais diferentes assuntos.

A digitalização dos meios de comunicação faz com que alguns requisitos sejam quase obrigatórios hoje em dia, como a familiaridade com o WordPress e experiência nas diversas redes sociais. Boas noções de fotografia e conhecimento do pacote Adobe são diferenciais importantes.

MERCADO DE TRABALHO

O jornalista encontra uma gama bastante variada de opções para trabalhar. Começando pela área de interesse (atualidades, política, entretenimento) até o veículo/tipo de empresa que mais lhe agrada (televisão, jornal, portais).

Atualmente, há uma forte tendência para que a informação se concentre nos meios digitais, mas os materiais impressos ainda têm espaço no mercado. Durante esse momento de transição, algumas grandes empresas estão repensando seus modelos de negócios. O corte de custos e redirecionamento de estratégias afeta diretamente o mercado. As demissões causam uma reflexão por parte dos profissionais, que a partir disso buscam estudar alternativas mais seguras que os meios tradicionais.

O mercado digital também abre as portas para essas novas possibilidades. Jornalistas podem aproveitar suas características para migrar para outras funções, como Marketing, Social Media ou Atendimento ao Cliente.

As mudanças no mercado também direcionam muitas pessoas para a vida de freelancer (que sempre foi muito comum nessa profissão), produzindo conteúdo para mais de um cliente com empresa própria.

Colabore com esse material e com os futuros profissionais compartilhando suas experiências nos comentários abaixo. Veja mais posts sobre Guia de Profissões.

Entenda como usar as redes sociais a seu favor

As redes e plataformas online mudaram os modelos de trabalho do Jornalismo. Vivemos um momento de descobertas e experimentação. Por isso, os jornalistas precisam entender os novos meios e usá-los a seu favor.

Ministrante
Kellen Moraes
Digital Strategist

DEIXE UM COMENTÁRIO