Como valorizar seu intercâmbio em uma entrevista de emprego?

2016-03-23_dicas-valorizar-intercambio2

Quem já fez intercâmbio em algum momento da vida tem certa vantagem na hora de conseguir um bom emprego na volta para casa. Mas para reverter a viagem em benefícios reais é preciso saber apresentar a experiência internacional como algo de fato enriquecedor para sua vida pessoal e sua carreira. Se você já fez um intercâmbio, não seja tímido: fale sobre essa experiência.

Leia também:
» Como são avaliadas as dinâmicas de grupo?
» 3 perguntas importantes a fazer na entrevista
» 8 segredos dos caçadores de emprego

Neste texto estão algumas formas de como valorizar o intercâmbio durante uma entrevista de emprego. Confira:

O que a vivência fora agrega ao candidato

Conte sempre sobre suas viagens e experiências culturais, não importa qual foi o destino ou quanto tempo ficou no lugar. Se você saiu do país para estudar, é sinal de que tem capacidade de se adaptar em ambientes bastante diferentes, além de dominar um segundo idioma, claro. Fale sobre onde foi, o que fez, o que aprendeu, as pessoas que conheceu, a rede de amigos e a rede profissional que foi capaz de estabelecer.

Mas não deixe de citar também aspectos da vida prática. Quem faz intercâmbio costuma ter um perfil de pessoa com grande curiosidade e, com a vivência fora, se torna também mais criativo para dar conta de situações inusitadas durante um período em que se está longe de amigos e parentes, da rede de confiança tradicional. Tenha certeza de que esse é um perfil muito valorizado pelos empregadores das mais diversas áreas.

2016-03-23_dicas-valorizar-intercambio

Vantagens da experiência de trabalho no exterior

Se você trabalhou fora do Brasil, além de viver em outro país e dominar um novo idioma, você conheceu uma outra cultura de trabalho, experimentou rotinas ao lado de colegas com backgrounds muito variados, que pensam de uma maneira própria, diferente da forma de pensar do brasileiro. Portanto, você acaba se tornando alguém mais tolerante.

Isso faz também com que você seja capaz de se adaptar, tenha uma visão diferenciada em relação a pessoas que só trabalharam por aqui para conseguir solucionar problemas. Ou seja, você será visto como alguém capaz de trazer inovação para a empresa. Para conseguir mostrar essas suas habilidades, conte casos ilustrativos, conflitos, problemas e soluções que fizeram você mudar de visão, mesmo que tenha sido em um ramo de trabalho diferente do que hoje está procurando emprego no momento.

Na entrevista de emprego, enfatize suas metas e planejamento

Independente da finalidade de seu intercâmbio, a vivência no exterior demonstra uma boa capacidade de planejamento e organização. Esses são dois pontos que você deve citar: dizer como começou o seu projeto de morar fora, e como fez para conseguir concretizar seus planos. Saber estabelecer metas, planejar, organizar-se e ser capaz de executar um plano até o fim são requisitos importantes para os selecionadores na hora de escolher um candidato, sobretudo para funções que exigem liderança e responsabilidade.

Empresas de todos os portes, nacionais e multinacionais, buscam profissionais versáteis e que saibam atuar em um mundo globalizado. Portanto, na hora da entrevista de emprego, faça um resumo do que fez no exterior, mas procure criar uma narrativa que inclua experiências pontuais, para ilustrar o que aprendeu para além das teorias. Cite que precisou se adaptar, foi capaz de superar com criatividade os obstáculos, conheceu outras culturas e voltou uma pessoa capaz de olhar para os problemas de forma diferenciada. Assim, a vaga que desejar será sua!

E você, já falou sobre intercâmbio em uma entrevista?

Tem dificuldades de usar seu conhecimento no idioma em uma entrevista? Clique aqui

DEIXE UM COMENTÁRIO