2016-03-11_guia-planejamento2

Planejar significa traçar todos os possíveis caminhos em busca do sucesso, por isso, as oportunidades para Planejamento vêm crescendo consideravelmente em diversas áreas, inclusive na Comunicação.

As agências de publicidade, que antes contavam com os conhecimentos da equipe de Atendimento e de Criação para discutir os rumos de uma campanha, hoje procuram por profissionais especializados, que saibam analisar o mercado, para mapear os canais de comunicação e organizar estratégias.

Leia também:
» Guia de Profissões: Community Manager
» Como parar com o planejamento excessivo (mesmo sendo perfeccionista)
» Por que é importante ter uma rotina matinal?

Podemos dizer que o planner, como é conhecido o profissional dessa área, atua como o cérebro de uma agência, ou como o maestro de uma orquestra, pois é ele quem coordena as ações de seus colegas de equipe.

É fundamental saber dialogar com todas as áreas de uma agência, desde o Atendimento até a Criação, passando pela Mídia e pelo Comercial. Afinal, o cliente deve estar a par do planejamento estruturado para a sua empresa, enquanto os criativos colocam em prática tudo o que foi pensado. Também é preciso estabelecer verbas para investimentos e pesquisar quais mídias serão usadas para alcançar o objetivo desejado pelo cliente.

O planner deve possuir boas habilidades analíticas para avaliar tanto o mercado quanto o consumidor e, assim, utilizar pesquisas e estudos para desenvolver campanhas assertivas. Além disso, é importante aprimorar sua capacidade de comunicação e estar sempre atento às novas tecnologias.

O que faz?

Atualmente, o profissional de Planejamento trabalha mais próximo da área de Marketing e é comum vê-los pesquisando tudo (mercado, empresa, consumidores, público-alvo, comunicação, concorrência, tendências, novas tecnologias, novas mídias) a fim de elaborar soluções para um planejamento bem-sucedido. A pesquisa é, sem dúvidas, a base do trabalho de Planejamento porque ela possibilita uma visão mais abrangente do que está acontecendo no mercado.

O maior desafio enfrentado pelas empresas é saber se comunicar com o seu consumidor, porque hoje ele deseja ser visto como uma pessoa, ao invés de simplesmente ser tratado como alguém que consome.

A principal tarefa do profissional de Planejamento consiste em construir a marca dos clientes de forma estratégica, identificando quais são as suas forças e os seus pontos fracos. A partir da relação desses dados, o planner é capaz de analisar e definir o posicionamento da empresa no mercado.

2016-03-11_guia-planejamento

Quanto ganha?

Conforme os dados das oportunidades divulgadas no trampos.co, a faixa salarial de um profissional Júnior a Pleno varia entre R$ 2.500 e R$ 6.000. Já a bolsa para estagiários normalmente é de R$ 1.000. Para cargos como Gerente e Coordenador, os salários podem chegar a R$ 10.000.

Perfil e características do profissional

Planners são capazes de entender os dois lados de uma marca: o que os consumidores desejam e se as empresas estão em sintonia com o desejo de seus clientes. São profissionais profundamente atenciosos, que identificam as verdadeiras necessidades de uma empresa, pensando nos caminhos que devem ser traçados para atingir os objetivos do cliente.

Uma das principais características de um planner é a insatisfação crônica com os seus resultados, porque ele sabe que pode conquistar sempre mais e se empenha para atingir objetivos satisfatórios para empresas e consumidores.

Os profissionais da área normalmente são formados em Comunicação, Marketing, Publicidade e Propaganda ou Administração. É importante ter raciocínio lógico, com grande poder de síntese e capacidade para transformar dados em análises relevantes para o negócio do cliente.

Conhecimentos em Web Analytics e métricas digitais são fundamentais para complementar o trabalho de pesquisa, bem como o domínio de metodologias de monitoramento. Finalmente, planners costumam apresentar seu trabalho aos colegas de equipe, por isso o uso de ferramentas de apresentação (PowerPoint; Keynote) também devem fazer parte das suas habilidades.

Mercado de trabalho

O departamento de Planejamento é relativamente novo quando comparado aos outros setores de uma agência de publicidade, como Criação, Atendimento e Mídia. Por ser uma área recente e ainda em crescimento, o mercado segue aquecido e busca por profissionais experientes na área.

Atualmente já é possível encontrar diversas subdivisões da área, criadas a partir do momento em que as empresas comprovaram a eficácia das estratégias propostas. Algumas delas merecem destaque por estarem focadas numa etapa específica do processo estratégico, reforçando cada vez mais o valor do Planejamento.

Estratégia de Negócios
Análise de mercado e concorrência, contato com stakeholders, modelagem de negócios, conceituação de produto digital, definição e priorização de funcionalidades.

Estratégia de Marketing
Branding, planejamento de campanha, definição de públicos, definição de atuação por canal.

Estratégia de Conteúdo
Estratégia de produção de conteúdo para marcas, definição de tom de voz, territórios e linha editorial.

Research
Pesquisa com usuários, análise de relatórios de pesquisa, desenvolvimento de Personas e modelo mental.

Digital Analytics
Definição de KPIs, conhecimento de métricas e ferramentas para mensuração de resultados em ambientes digitais.

Colabore com esse material e com os futuros profissionais compartilhando suas experiências nos comentários abaixo. Veja mais posts sobre Guia de Profissões.

Obtenha o requisito básico para trabalho com Planejamento: Google Analytics

Após este curso, você conhecerá as melhores práticas para utilizar o Analytics, a ferramenta de mensuração de dados mais poderosa e utilizada do mundo digital, e saberá como melhorar os resultados e eficácia das suas campanhas.

quero saber mais sobre o curso!

Ministrante
  • Vinicius Marino, Analista de Dados Sr.
  • Bruno Mercadante, Data Engineer

DEIXE UM COMENTÁRIO