É (quase) impossível errar ao contratar pessoas que tenham essas 4 qualidades

contratar

Contratar pessoas ideais para seu negócio não é uma tarefa simples. O segredo para se construir uma empresa bem sucedida: você precisa contratar as pessoas certas. Soa simples, mas é surpreendentemente difícil saber quem vai prosperar baseado em uma olhada de 15 segundos no currículo ou em uma entrevista de 30 minutos.

Leia também:
» Como avaliar as soft skills em uma entrevista?
» 3 regras atemporais para a tomada de decisões difíceis
» 15 dicas para melhorar suas habilidades como entrevistador

Quem será um astro e quem será um bom funcionário que faz o trabalho e, então, vai para casa sem deixar boas impressões?

No momento de contratar, como eu sei quem é a melhor escolha para minha empresa? Eu procurei além do currículo e da carta de apresentação – escolhendo, em vez disso, examinar a personalidade da pessoa. E, após estar profundamente envolvida com recrutamento e seleção na Eventbrite, aprendi que funcionários brilhantes compartilham as mesmas quatro características. Não importa qual seu campo de atuação ou qual o seu produto, essas são qualidades que todo funcionário deveria possuir se você quer ter uma equipe vitoriosa.

1. Resiliência

Na hora de contratar chamamos resiliência, carinhosamente de “O espírito de fazer acontecer”. Quando as coisas ficam difíceis, quando os obstáculos aumentam e quando os recursos estão escassos, pessoas resilientes sempre encontram uma maneira de fazer acontecer. Ao invés de focar na possibilidade de fracasso – que é sempre uma possibilidade – eles aproveitam oportunidades. Fazem isso com tanta criatividade e motivação que deixam a simples ideia de fracasso para trás comendo poeira.

Para avaliar a resiliência de um candidato, antes de contratar, normalmente eu pergunto: “Fale sobre alguma vez em que enfrentou grandes dificuldades”. O segredo é: estou mais interessada nas estratégias que essa pessoa usou para superar o obstáculo do que no obstáculo em si.

2. Tendências colaborativas

A força da nossa empresa está ligada à força criativa da equipe. Muitas vezes, alcançamos nossos objetivos rapidamente ao escolhermos as forças individuais e trabalharmos juntos para encontrarmos as melhores soluções. A noção de “decisões tomadas por consenso” não existe por aqui, porque sabemos que o poder do pensamento múltiplo e do esforço coordenado sempre leva ao sucesso. Então, não há espaço para egos destrutivos em nosso escritório. Ao invés disso, apreciamos a ideia de alcançarmos nossos destinos em grupo, porque sabemos que sempre seremos melhores por isso. É vital estar atento a isso antes de contratar o novo profisisonal.

Aqui, eu pediria ao candidato que descrevesse o melhor ambiente que ele ou ela já fez parte. Na resposta, eu procuraria a pessoa que claramente entende (e respeita!) que a colaboração é o coração de uma equipe vitoriosa.

contratar

3. Curiosidade

Um dos nossos valores principais é o aprendizado – buscamos avançar constantemente. Quanto mais curiosa for a pessoa, mais aberta ela estará ao aprendizado, sempre procurando por novas informações. Todos que contratei querem entender a profundidade do nosso negócio e do mundo à nossa volta.

Eu, tipicamente, avalio a curiosidade e o amor pelo aprendizado baseada em como o candidato descreve suas motivações para mudar de emprego, assim como me baseio nas questões que ele ou ela faz para mim.

Dica: qualquer pessoa que pergunte como tivemos a ideia de começar o nosso negócio. Eu fico impressionada com questões educadas e profundas sobre as filosofias e estratégias da nossa empresa.

4. Empatia

Antes de contratar é importante lembrar que a inteligência emocional está em alta na lista qualidades essenciais para um ótimo membro de equipe. Não é porque queremos uma comunidade homogênea de seres sociais. É porque a empatia é a raiz do cuidado, conexão, ótima liderança e laços profundos. Isso que alimenta a base da confiança em uma empresa e equivale a equipes motivando umas as outras para serem melhores e a alcançarem grandes coisas juntos.

Para ser completamente honesta, isso é uma sensação que tenho quando estou na sala com um candidato. Empatia é evidente e tem mais relação com a linguagem corporal e contato visual do que com a conversa.

Não posso prever o futuro ou quem será o melhor funcionário com apenas uma entrevista, mas eu percebi que a resiliência, colaboração, curiosidade e empatia são os principais indicadores do sucesso. Esses colaboradores são intrinsecamente motivados, aprendem rápido e alcançam mais do que o esperado.

Texto originalmente publicado por Julia Hartz no site The Muse. Traduzido e adaptado pela equipe do Tutano.

Podemos te ajudar a encontrar os melhores profissionais

Divulgue, Gerencie e Contrate. Conheça nossa plataforma de recrutamento especializada em Marketing, Comunicação e TI.

DEIXE UM COMENTÁRIO