30 razões que farão sua carreira melhor aos 30

2015-12-04_carreira_aos_30

Há alguns meses li uma pesquisa sobre o comportamento dos jovens de 16 a 24 anos e suas relações com a carreira. Fiquei um pouco surpresa ao ver que apenas 38% dos entrevistados preferia trabalhar em casa e que só 27% achava importante ter um horário de trabalho flexível, enquanto que o alto salário encabeçava a lista de prioridades.

Leia também:
» 5 dicas para melhorar seu desempenho no trabalho em equipe
» As 11 melhores maneiras para se comunicar melhor
» 10 dicas para influenciar pessoas

Depois de debater a questão com alguns amigos, todos entusiastas do home office, é que caiu a ficha. Logo que entramos para o mercado as nossas prioridades era muito parecidas com as apontadas pela pesquisa. A busca pela qualidade de vida e realização no trabalho foi algo que demoramos um pouco para questionar.

Essa semana a Jo Eismont, uma das autoras do The Muse, listou 30 razões que tornam a carreira melhor aos 30 anos. Não acho que tenha uma idade específica, mas acredito que muita coisa muda durante o percurso e que essa lista pode ajudar quem está aflito no início da jornada e dar um alento para quem já chegou lá.

  1. Conhecer-se melhor. Você conhece seus pontos fortes e fracos, sabe como definir metas e como realmente alcançá-las.
  2. Você tem mais conhecimento sobre os fatores que o fazem feliz em um trabalho e já os identifica na entrevista de emprego.
  3. Você trabalhou com as pessoas por um tempo, então já entende melhor as motivações, os medos e as preocupações dos seus colegas. E usa essas informações para ter interações mais produtivas, amigáveis ​​e genuínas.
  4. Também já teve tempo para ter amigos de trabalho que hoje atuam em outros cargos e empresas. O networking deixa de ser uma tarefa quando é feito com pessoas que você realmente gosta.
  5. Você pode tirar os estágios universitários aleatórios do seu currículo.
  6. Você já domina a arte de se vestir para o trabalho.
  7. E também já aprendeu a arte da delegação.
  8. Também sabe como trabalhar em casa de forma produtiva ou como ser eficiente até mesmo em um avião, e como não trabalhar quando está doente e de cama.
  9. Você já fez algumas apresentações para grupos e não fica tão nervoso quando lhe pedem para falar.
  10. Sabe que não deve aquecer determinadas comidas no microondas do trabalho.
  11. Mas se você realmente quer aquecê-las, tudo bem, pois ninguém se importa se a cozinha fica com um cheiro forte por um tempo.
  12. Percebe quando está mais produtivo e quando não está (e você planeja seus dias em torno disso).
  13. Você tem um sistema de organização que trabalha para você.
  14. Tem noção do quanto pode beber no happy hour sem aparecer no trabalho de ressaca.
  15. Você já teve que negociar uma ou duas vezes. E isso ainda pode assustá-lo, mas não o suficiente para impedir que você lute pelo que vale a pena.
  16. A menos que você opte por se contentar com menos para fazer o trabalho por uma causa que você acredita.
  17. Porque você sabe agora que o dinheiro realmente não é tudo.
  18. E aprendeu quais sonhos são realistas (sendo um palestrante conhecido em seu campo) e quais não são (sendo descoberto cantando em seu chuveiro).
  19. Você tem conversas sérias com o seu chefe, colegas de trabalho e seus subordinados.
  20. Sabe que estar sendo levado a sério é um fato, não um desejo remoto e não cumprido.
  21. Você domina a sua síndrome de impostor. Na maioria dos dias.
  22. Aprendeu que “não” é uma frase completa – e faz uso dela sempre que é necessário.
  23. Você se tornou o mentor ao invés do aprendiz. E quando você dá conselhos, você realmente sabe o que está falando.
  24. Sabe que é uma maratona, e não um sprint. Então você não se sente tão culpado quando sai do trabalho um pouco mais cedo ou não verifica seu e-mail a cada cinco minutos.
  25. Você sabe que pequenos erros não farão você ser demitido.
  26. E você consegue receber críticas de seu chefe sem chorar.
  27. Você não sente que está fingindo ser um adulto.
  28. E provou para você mesmo que confia em projetos interessantes que realmente façam o seu coração bater.
  29. Você já tem perspectiva suficiente para saber que sua carreira é apenas uma parte de sua vida – e não toda a sua razão de viver.
  30. Mas ainda assim, é uma parte importante de sua vida, e por isso você sempre está à procura de um trabalho que possa satisfazê-lo de todas as maneiras possíveis.

Esse texto é uma colaboração de Juliana Franzon, jornalista e co-autora do site Adoro Home Office. Caso você também queira colaborar com conteúdos, entre em contato pelo e-mail tutano@trampos.co.

DEIXE UM COMENTÁRIO