Como dispensar candidatos da forma menos dolorosa possível

Como dispensar candidatos da forma menos dolorosa possível

A reprovação é uma parte natural do processo seletivo. É, também, extremamente delicada. O modo como você exclui candidatos diz muito sobre a sua marca e sobre a cultura de sua empresa. A prática incorreta nessa fase do processo pode causar sérios danos à reputação de sua empresa, já que 78% dos candidatos relatam suas experiências de recrutamento à família e aos amigos.

Leia também:
» 4 perguntas que você deveria fazer a um funcionário que está saindo da empresa
» Será que é hora de contratar? O que avaliar antes de anunciar uma vaga de emprego
» Infográfico: como contratar candidatos que beneficiam seu negócio

Confira dicas para dispensar candidatos de um modo mais positivo:

1. Entre em contato rapidamente

Em uma pesquisa, 40% dos candidatos informaram que foram submetidos a um “inaceitável intervalo de tempo” enquanto esperavam por uma resposta à sua candidatura. Naturalmente, esperar faz as pessoas sentirem-se ansiosas e menosprezadas. Ignorar uma pessoa, que demonstrou sério interesse por sua empresa, não é a maneira certa de demonstrar apreciação.

Então, assim que tomar uma decisão e receber as confirmações necessárias, entre em contato com os candidatos reprovados. É aconselhável fazer o contato inicial por e-mail propondo um horário em que possa ligar para dar mais detalhes. Desse modo, você mostrará sensibilidade com qualquer candidato que precise processar a má notícia antes de falar por telefone.

 

2. Seja humano

Em seu e-mail, certifique-se de mostrar ao candidato que você aprecia o tempo e interesse dele. Ponha-se no lugar dele por um momento. Candidatos rejeitados não querem se sentir diminuídos com tanta bajulação, mas querem saber que seus esforços foram válidos.

O ponto a ser lembrado, quando enviar um e-mail negativo, é deixar claro que os candidatos estão lidando com uma pessoa, não com uma máquina corporativa. Nunca envie um e-mail automático com um texto genérico. Tenha certeza de ser específico e compreensivo.

 

3. Seja positivo

Pense na rejeição como um sanduíche com um recheio desagradável. Comece seu e-mail com um elogio construtivo ou algo que o candidato fez bem. Isso não deve ser muito florido, somente um reconhecimento das forças do candidato. Dê sequência com o “recheio” da questão: sua rejeição e as razões por trás dela. Novamente, seja breve e conciso. Finalmente, encerre com outro elogio construtivo e agradeça os esforços do candidato.

2015-08-19_dispensar_candidato

 

4. Faça a ligação

Se o candidato rejeitado responder o e-mail confirmando que gostaria de falar por telefone, você tem o dever de ligar. Um telefonema é uma grande oportunidade para esclarecer seu tom e demonstrar ao candidato que você não é somente uma empresa sem coração. Não entre em uma longa conversa, mantenha-se aos fatos e seja sincero enquanto fala. Certifique-se de agradecer o candidato por seu tempo e deseje sorte a ele no futuro.

 

5. Solicite feedback

Pedir um feedback é a melhor maneira de descobrir como você se saiu durante o processo de contratação. Muitas empresas são felizes em dar feedback, mas fracassam ao não pedir um. Não só receber um feedback é um método valioso para aprender como você é percebido, mas também demonstra ao candidato que você se importa com a opinião dele e que vai levar suas considerações adiante.

Lembre-se: use as cinco dicas se quiser tornar seu processo de exclusão o menos doloroso possível para os candidatos. E não se esqueça que qualquer negócio é feito ou é quebrado por seu relacionamento com as pessoas. O modo como trata os candidatos importa não só para seu departamento de RH, mas para a empresa e sua marca.

Sabia que através do Caesar, a ferramenta de gerenciamento de currículos do trampos.co, você pode dar feedbacks com facilidade aos candidatos que não foram selecionados?

Podemos te ajudar a encontrar os melhores profissionais

Divulgue, Gerencie, Contrate. Conheça nossa plataforma de publicação de vagas e encontre o candidato ideal.

Texto originalmente publicado no [ Good.co ] e traduzido pela equipe do Tutano.

DEIXE UM COMENTÁRIO