por que você precisa trabalhar em uma grande empresa

6_razoes

trabalhar em uma startup é sexy. eu sei, porque sou sócio de uma. poucas pessoas, alguma flexibilidade e até pequenas coisas divertidas no escritório fazem a vida mais feliz.

recentemente, no entanto, topei com um post muito interessante do OnStartups que me fez refletir sobre a minha própria experiência.

eu concordei com o Mark Stephens em muita coisa e também acho que foi muito bom ter trabalhado em uma grande empresa.

por isso, antes de descartar essa possibilidade em algum ponto da sua carreira, acho que vale a pena considerar pontos positivos desse caminho.

1. você aprende muito
em uma grande empresa é possível ver muitas coisas, desde ideias muito boas, como controles de orçamento e processos, até exemplos não tão bons, como maus gerentes.

apesar da vida em uma grande empresa parecer tediosa a princípio, ela tem qualidades que a fizeram tornar-se grande. e mesmo a empresa mais medíocre tem áreas de excelência, com gente muito boa no que faz e que batalha todo dia para entregar um trabalho do qual possa se orgulhar. são pessoas que aprenderam a se virar em meio à burocracia, à falta de orçamento e chefes ruins. coisas que não se aprende em curso nenhum.

gerenciar grandes orçamentos, projetos gigantescos, coordenar equipes de diferentes áreas da empresa, dar entrevistas e representar a marca em eventos importantes, tudo isso desenvolve competências que mais tarde são muito úteis. sem contar que quando uma startup começa a crescer, ela requer um conjunto diferente de habilidades que a experiência em grandes empresas pode oferecer.

2. você trabalha com gente muito inteligente
eu gosto muito de trabalhar com gente inteligente, curiosa e com referências diferentes da minha. e em uma empresa grande é muito fácil encontrar gente assim espalhada por vários departamentos.

há de tudo, desde o hacker sábio que começou na carreira quando você ainda estava na escola e tem milhares de boas histórias para contar (e bons conselhos) até recém-formados vindos de consultorias famosas, passando por gente com mestrado, MBA e faculdades das mais diversas.

grandes empresas são, naturalmente, um polo de atração de gente com esse perfil e um dos melhores lugares para conviver com profissionais desse nível.

3. você se torna parte de uma comunidade
em minha carreira eu passei por empresas como a Editora Abril e a Telefônica Vivo e ainda mantenho contato com muita gente que trabalhou comigo por lá. eu encontro esses profissionais em vários outros contextos e essa rede de amigos e contatos é extremamente valiosa.

pergunte a qualquer recrutador: nada é mais valioso para sua empregabilidade do que ter gente que te conhece e gosta do seu trabalho o bastante para te indicar para novas oportunidades. fazer um bom trabalho e deixar uma boa reputação em uma grande empresa abre muitas portas. por exemplo, chefes satisfeitos com projetos anteriores frequentemente correm atrás de ex-membros da equipe em suas novas posições e colegas de trabalho.

outra vantagem é que trabalhar em grandes empresas também dá acesso a boas redes, o que favorece todo tipo de apresentação e contatos quando você precisar dele para todo tipo de ideia.

4. você tem acesso a benefícios exclusivos
grandes empresas concorrem em um mercado de talento muito competitivo. por isso é que tentam oferecer vários benefícios que, somados, são uma bela ajuda no bolso. é o que chamamos em RH de soft benefits (e, dependendo do caso, de total compensation). coisas como descontos em produtos da empresa (eu não pagava conta de celular!), serviços de conveniência e descontos na academia são sempre uma mão na roda.

além disso, multinacionais frequentemente investem em treinamentos de altíssima qualidade, com boas escolas de negócio e consultorias e até oferecem oportunidades de projetos fora do país. tudo isso vale dinheiro e soma muito às suas competências e conhecimentos.

5. Você aprende a arte da política
é em grandes empresas que se aprende que só a tecnologia ou apenas conhecimentos técnicos são suficientes para alavancar uma carreira. no dia a dia de projetos, cortes e decisões de todo tipo é que aprendemos a arte da diplomacia e das habilidades políticas. sabe por que isso é importante? porque depois de sair de uma grande empresa, pode ser que você tenha outras grandes empresas como clientes e saber como elas funcionam e do que precisam vai ajudar muito a fechar contratos e negócios no futuro.

já vi muitos bons profissionais destruírem a própria carreira e a de suas equipes por falta de equilíbrio emocional e falta de cuidado na negociação de projetos com outras áreas. por isso, acumular experiência na articulação política é importante para aprender o valor fundamental que existe em liderar pessoas rumo a objetivos comuns, algo que não se pode fazer só com competência técnica.

6. você tem tempo para refletir
em uma pequena empresa ou uma startup a vida é dura. muito dura. decisões de um dia podem ser a diferença entre ganhar fôlego para sobreviver mais um pouco ou fechar o negócio. já em grandes empresas, o ritmo é mais lento e oferece um pouco mais de tempo para pensar.

a maioria das grande empresas se move mais devagar, toma decisões por consenso, tem processos maiores e mais lentos. reconheço que pode ser irritante ter que passar por tantas etapas para emplacar um projeto, mas às vezes isso oferece justamente o tempo que precisamos para ir reavaliando prioridades em nossa vida.

abrindo a cabeça
como o empreendedor serial e guru Guy Kawasaki disse, certa vez, ao longo da sua vida você terá, provavelmente, de 5 a 10 empregos. por isso é tolice ficar tentando otimizar as primeiras decisões, porque sempre é possível aprender algo de cada um deles.

não importa onde você começa, importa onde você termina. esta é a minha experiência com grandes empresas, e a sua? já passou pela sua cabeça ter uma passagem por uma grande corporação?

DEIXE UM COMENTÁRIO