★ Como fornecer a melhor experiência de marca para seus clientes com UX e design de serviços

★ Como fornecer a melhor experiência de marca para seus clientes com UX e design de serviços

Para atrair a atenção do público, que todos os dias é bombardeado de informações e anúncios, podemos usar os mais variados formatos, ferramentas e técnicas, para depois direcioná-los a nossos próprios canais proprietários e transformá-los em possíveis clientes.

Posso citar, por exemplo, o engajamento nas redes, com a criação de conteúdos diversificados, únicos e genuínos, como posts interativos, vídeos, gifs e até memes.

Leia também:
» Infográfico: o que as pessoas gostam no Branded Content
» 5 dicas para dar personalidade ao seu Branded Content (e porque você deveria fazer isso)
» Infográfico: conteúdo visual para fortalecer a sua marca

Quando nos deparamos com empresas que têm perfis com as quais nos identificamos, a chance de comprar produtos e serviços que elas oferecem aumenta exponencialmente. E, por isso, o engajamento é extremamente importante – ele está diretamente relacionado a essa identificação.

Mas, imagine que surgiu a necessidade de adquirir aquele produto ou serviço da empresa, mas, chegando ao website dela, você se depara com uma estética ultrapassada, uma navegação confusa ou funcionamento de produtos completamente diferentes dos anunciado.

No fim, a experiência que você têm com a marca, apesar de admirá-la nas redes, é bem negativa, pois apesar de gostar da proposta da empresa, ela não satisfez suas expectativas.

Não adianta nada criar anúncios fantásticos, que promovam seus produtos/serviços e atraiam centenas de visitantes e ter um engajamento altíssimo nas redes, sem considerar que a experiência destas pessoas deve corresponder ao prometido.

Por isso, avalie:

de que forma o design do seu produto traz a solução para os problemas dos clientes? Você está oferecendo um serviço melhor, mais eficiente e/ou mais barato do que o da concorrência?

A experiência de marca também vai além de entregar o prometido: é preciso garantir que o atendimento seja sempre acessível, disponível e rápido, e que satisfaça as necessidades dos clientes que buscam por ajuda. Até porque, 70% das experiências de compra de clientes são baseadas em como eles sentem que são tratados.

 

Resumindo:

É preciso investir na estética, planejamento e branding da marca e das suas respectivas plataformas, mas, principalmente, no design de serviços autênticos e na experiência de marca, que inclui o atendimento eficaz e satisfação de expectativas.

 

Ok, e como fazer tudo isso?

O segredo para conquistar tudo isso é a empatia: colocando-se no lugar do público, usuários ou consumidores, como no exemplo acima, é possível identificar falhas em nossos produtos, serviços e branding, para propor novas estratégias e criar um planejamento mais eficaz.

Conheça seu público: garanta que toda a trajetória que as pessoas passam ao interagir com a sua marca atendem às suas necessidades,  reconhecendo que cada grupo de indivíduos do seu público-alvo tem expectativas diferentes. Se pergunte: que tipo de experiência essa persona espera receber? Os meios pelos quais elas entram em contato com você (por exemplo, por dispositivos móveis), estão otimizados?

Não esqueça também que as únicas experiências positivas a serem proporcionadas não se resumem às pessoas com as coisas (ou seja, a satisfação da pessoa com o serviço), mas também das pessoas com as interfaces e plataformas oferecidas.

Por isso, aplique metodologias e processos de UX (User Experience) e testes A/B, por exemplo, você pode focar seus esforços em certeiras e otimizar seus resultados, satisfação e melhorar a experiência dos clientes.

No fim das contas, o primeiro passo para uma estratégia de negócios diferenciada é reconhecer a importância da experiência positiva e do engajamento para a sua marca para a captação e fidelização de clientes. E, a partir disso, será possível se destacar da concorrência otimizando seus serviços, atendimento e produtos para ser a solução de um problema real  dos seus clientes. Isso é o que cativa verdadeiramente os consumidores!

 

E onde aprender a colocar isso em prática?

Para aplicar essas técnicas e melhorar a experiência da sua marca, é preciso ter disponibilidade, planejamento e conhecimento específico para repensar, adaptar e reformular o design de produtos que satisfaçam o consumidor.

Para isso, você pode procurar referências e inspiração em diferentes plataformas de conteúdo nas áreas de UX, Branding e Design de Serviços, como o Behance e o CreativeDash.

Mas, se você quiser adquirir conhecimento prático e específico na área, além de uma  experiência formal de aprendizado, os cursos de pós-graduação em Branding e Design de Serviços do Senac São Paulo são uma ótima pedida.

Estes cursos são responsáveis por formar profissionais capacitados para projetar as experiências de marca e os serviços singulares que engajam um novo perfil de consumidores, cada vez mais exigentes e ávidos por novidade.

Conheça os cursos de pós-graduação do Senac São Paulo.

DEIXE UM COMENTÁRIO