Guia de Profissões: Product Owner

O(a) Product Owner, que pode ser traduzido de forma literal para “Dono(a) do Produto”, tem esse nome porque é ele(a) quem lidera todo o desenvolvimento de um produto, seja a pedido da empresa onde trabalha ou de clientes.

Leia também:
» 7 melhores ferramentas de gestão de projetos
» Guia de Profissões: Gerente de Projetos
» 20 dicas de gerenciamento de tempo que eu queria ter conhecido antes dos 20

É ele(a) o profissional que lidera todo o processo de produção de um ou mais produtos, desde a concepção até o resultado final. É ele que garante que todos os processos sejam cumpridos a tempo e que satisfaçam as necessidades do cliente ou da empresa para quem o está produzindo – atividades que especifico mais abaixo.

 

O QUE FAZ?

O trabalho de um(a) Product Owner depende muito do contexto em que está inserido: se o produto é um sistema, um site, um programa, etc. Apesar disso, suas principais atividades incluem o alinhamento com clientes, maximização e otimização do trabalho do time, decidindo o que deve ser priorizado ou não, gestão de sprints, release plans, backlog e acompanhamento de resultados.

Por conta das múltiplas possibilidades dos projetos, além de mapear as necessidades do cliente, ele(a) também é um intermediário entre o cliente e a empresa, levanta os requisitos funcionais e não funcionais, elabora um escopo, prototipa interfaces e realizar reuniões, realiza a documentação, entre outras tarefas.

O(a) Product Owner também pode ser responsável pela realização de pesquisas de mercado, testes A/B, métricas, Gestão de Projetos, coordenação de equipes e análise do comportamento de usuários.

 

QUANTO GANHA?

Conforme os dados das oportunidades divulgadas no trampos.co no último ano, a faixa salarial de um(a) Product Owner varia de R$ 3.000 a R$ 5.000, podendo chegar a R$ 8.000 para profissionais Sêniores, em empresas grandes ou multinacionais.

 

PERFIL E CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL

Para o(a) profissional atuando como Product Owner, é imprescindível ter conhecimentos em metodologias ágeis, principalmente Scrum e/ou Kanban edomínio de inglês.

Este profissional deve ser análitico, saber usar ferramentas web, ter conhecimento de Excel, saber delegar tarefas e, principalmente, conhecimento de todas as fases de desenvolvimento de produtos.

Além disso, algumas das características mais requisitadas são:

  • Comprometimento com prazos e resultados
  • Excelente habilidade de organização e gestão de projetos
  • Proatividade, capacidade de solucionar problemas e jogo de cintura
  • Trabalhar bem em equipe
  • Ser colaborativo e flexível para negociações
  • Boa comunicação verbal e escrita
  • Gostar de lidar com pessoas e processos

Também é solicitado que o candidato tenha experiência anterior na vaga, com gestão de projetos ou pessoas, graduação na área e conhecimento técnico do produto que está sendo desenvolvido.

 

MERCADO DE TRABALHO

Num mundo cada vez mais ágil, ter líderes de projeto que não só sejam organizados, tenham excelente habilidades de gestão e negociação e sejam ótimos líderes, mas também tenham conhecimento teórico e prático das metodologias ágeis e do produto que irão desenvolver, é um acréscimo incomparável para a equipe – e para o resultado final.

As empresas ainda custam a entender ou reconhecer o papel deste profissional, mas aos poucos sentem a necessidade de ter alguém como ele – mesmo sem saber que o cargo sequer existe – e contratam profissionais de outras áreas (como Gerentes de Projetos ou Planejamento) para trabalhar na função do que seria um Product Owner.

A situação tende a mudar nos próximos anos, com o crescimento da carreira não só no Brasil como no mundo, por conta da necessidade cada vez maior de profissionais altamente capacitados e específicos no desenvolvimento de produtos tecnológicos, para evitar o retrabalho, garantir a qualidade e prazos de entrega.

 

Colabore com esse material e com os futuros profissionais compartilhando suas experiências nos comentários abaixo. Veja mais posts sobre Guia de Profissões.

Confira os trampos na área

DEIXE UM COMENTÁRIO