Como transformar o trânsito em um momento produtivo

2016-07-27_transito-produtivo_2

Quem mora em grandes centros urbanos acaba enfrentando, todos os dias, um empecilho à produtividade: o trânsito. Seja de carro, bike ou de transporte público, perdemos cerca de quatro horas por dia somente no congestionamento, segundo pesquisa realizada em 2015 pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Leia também:
» 7 lugares para trabalhar remotamente em São Paulo
» O que considerar antes de aceitar um freela
» 13 coisas que as pessoas mentalmente fortes evitam

Ou perdíamos. Acontece que o tempo que passamos nos deslocando entre a nossa casa e o local de trabalho ou estudo não precisa necessariamente ser um tempo inútil. Por mais cansado que o profissional esteja, ele pode buscar meios de tornar o trânsito um ambiente produtivo para sua própria carreira. Parece difícil de imaginar algo assim acontecendo? Vamos a exemplos práticos:

Atualidades

Quem está no trânsito pode muito bem se atualizar sobre as notícias do dia e, com isso, ter muito assunto para poder falar com quem quiser, inclusive com o recrutador. Não seja pego de surpresa sobre uma questão sócio-econômica ou o debate sobre algum conflito atual. Quem está no transporte público pode ler jornais e revistas em tablets e celulares e, aqueles que não podem desviar a atenção, como motoristas de carro e moto e os ciclistas, podem ouvir as notícias no rádio. Ter informação é importante para desenvolver o pensamento crítico e poder pensar em estratégias para lidar com as variações dos cenários atuais dos locais em que vivemos.

Colocar a leitura em dia

Aqui vale a mesma premissa anterior. Muitos recrutadores e até mesmo gestores, costumam perguntar qual é o seu livro preferido, o melhor filme que você já assistiu, entre outros temas bastante pessoais. Não é mera curiosidade ou pedido de indicação. Eles querem, com isso, tentar te conhecer um pouco, saber mais sobre a sua personalidade, criatividade e, quem sabe, descobrir quem é a pessoa que eles podem contratar. Está dirigindo? Escute áudio-livros, mas nunca fique sem fazer nada, apenas entediado vendo o tempo passar diante dos seus olhos.

Aprender outra língua

É difícil aprender sozinho, mas não é impossível. Assim, enquanto a fila de carros segue parada, aposte em áudio-aulas para poder aprender um novo idioma, praticar o sotaque, ampliar o conhecimento gramatical etc. Outra boa alternativa é estudar o português. Afinal, é preciso saber escrever em qualquer carreira que tenha e as dúvidas gramaticais sempre vão existir. Ou você sabe as regras do hífen e da crase na ponta da língua?

Ampliar o network

Outra forma de tornar o trânsito produtivo é aumentando a sua rede de relacionamentos. Esqueça o celular e as redes que você tem ali, como o Facebook e o Twitter. Olhe ao seu redor, puxe papo e conheça as pessoas. Dependendo de onde você estiver, vai começar a reparar que as mesmas pessoas passam por ali naquele horário e elas podem ser boas conexões para você.

Brainstorm

Sabe quando você tem um problema difícil para resolver e a ideia não surge de jeito nenhum? No trânsito ela pode aparecer. Assim: do nada e sem que você tenha onde anotar. Mas experimente pensar ou debater a ideia que te tira o sono nestes momentos em que você não tem muito como fugir. Às vezes surgem propostas muito criativas e bacanas enquanto o a buzina ao lado não para de soar.

Caso você também queira colaborar com conteúdos, entre em contato pelo e-mail tutano@trampos.co.

Confira os trampos para não precisar pegar trânsito

DEIXE UM COMENTÁRIO