Marketing de recrutamento: recrutadores entrevistam pessoa alegremente.

Usar o marketing de recrutamento é uma estratégia inovadora para atrair e contratar os profissionais ideais para a empresa. No entanto, muitos analistas e gestores de RH desconhecem ou têm dúvidas sobre como aplicar essas técnicas.

É bastante comum, por exemplo, haver confusões, como acreditar que marketing e propaganda são a mesma coisa. Além disso, nem sempre os recrutadores sabem como planejar uma estratégia adequada para alcançar os objetivos da empresa.

Logo abaixo, trouxemos um breve guia sobre o marketing de recrutamento. Continue a leitura e aprenda a encantar seus possíveis candidatos!

O que é marketing de recrutamento?

Na definição de Peter Kotler, o marketing seria “o processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros”.

O marketing, portanto, faz a ponte entre partes que podem mutuamente satisfazer seus desejos e necessidades. Para isso, são utilizadas diversas estratégias de comunicação com o público, como desenvolvimento de marca, construção de autoridade, produção de conteúdo e anúncios publicitários.

No caso do marketing de recrutamento, temos a demanda da organização por profissionais qualificados, com competências técnicas e comportamentais para os cargos. 

Para servi-los, desenvolvemos uma proposta de valor para o talento, que pode vir a se interessar e ingressar nos quadros da empresa.

Assim, o marketing fará a aproximação entre organização e talento, para que ambos consigam satisfazer seus interesses. Aliás, durante o processo, o profissional é conduzido em uma jornada que vai do conhecimento da empresa até a efetiva contratação.

Como o marketing de recrutamento pode ser aplicado?

Na prática, o marketing de recrutamento permite que a empresa realize uma série de atividades para aumentar a capacidade de contar com talentos. Veja alguns exemplos!

Estabelecer uma estratégia de comunicação

Em primeiro lugar, as ações estarão diferenciadas para a maneira como a organização se posiciona no mercado de RH. Com isso, definimos a linguagem e as estratégias de comunicação, que serão utilizadas para falar com os talentos.

Realizar o employer branding

Igualmente, buscamos a construção de uma imagem positiva junto às pessoas, bem como que comunique nossos valores para o mercado. Assim, aumentamos a chance de contratar pessoas identificadas com a marca empregadora, logo, que apresentam certa compatibilidade com a nossa cultura organizacional.

Fazer publicidade e divulgar anúncios

As ferramentas de marketing também são utilizadas para aumentar nosso alcance, a fim de que mais profissionais conheçam a empresa. Para isso, é possível fazer campanhas e utilizar anúncios, publicidade e propaganda como estratégia de comunicação.

Planejar a jornada do talento

Para finalizar, podemos criar uma jornada com diversos marcos que representam os níveis de relacionamento do profissional com a empresa:

  • descoberta — quando se tem o primeiro contato e passa a saber da existência da organização;
  • interesse — quando se passa a saber do processo seletivo e tem vontade de participar;
  • candidatura — quando se efetivou sua inscrição e torna-se um candidato;
  • seleção — quando se concorre com outros profissionais e busca-se a melhor classificação no processo seletivo;
  • contratação — quando se é escolhido para empresa e fecha-se o contrato de trabalho, iniciando o processo de integração.

Durante cada uma das etapas, você precisa pensar estratégias para fazer as pessoas qualificadas avançarem para a próxima fase. Logo, o fluxo de trabalho é como um funil, com o topo repleto de pessoas e restrições a cada etapa até chegar ao fundo com poucas contratações.

Além disso, faz parte do marketing de recrutamento pensar o que será feito com os profissionais que não chegam até o fundo, por desistência ou dispensa do candidato. Criar bancos de talentos e dar feedbacks são boas medidas nesse sentido.

Como planejar uma estratégia de marketing de recrutamento?

Agora que você já tem uma visão geral sobre o tema, podemos abordar os passos para criar uma estratégia que vai encantar os seus candidatos. Confira as etapas do planejamento de uma campanha de marketing de recrutamento.

Identifique a persona do candidato

Em primeiro lugar, você precisa entender quem é a pessoa com que pretendemos nos comunicar. Quais são as suas competências? Que objetivos ela tem? Quais problemas ela enfrenta? Como a proposta de valor da empresa pode ajudar?

Normalmente, a partir das informações, criamos um personagem fictício que representa os profissionais com os quais pretendemos nos conectar: a chamada persona.

Estabeleça prioridades

Logo de cara, pode ser difícil desenhar estratégias para cada uma das etapas da jornada do candidato. Por isso, uma dica é encontrar qual ou quais delas geram maiores problemas para a empresa e priorizar as ações.

As prioridades podem ser trabalhadas como objetivos da campanha de marketing de recrutamento:

  • fazer a marca empregadora ser descoberta;
  • despertar o interesse pelo processo seletivo;
  • aumentar a conversão de interessados em candidatos;
  • melhorar a comunicação com os reprovados;
  • aumentar a capacidade de fechar as contratações dos selecionados.

Crie um plano de ação

Com os objetivos em mãos, aloque as pessoas responsáveis pelo projeto. Igualmente, faça o orçamento dos recursos necessários e pense quais serão as estratégias de comunicação adotadas para alcançar as expectativas.

Escolha os canais de comunicação

Uma parte importante do plano de ação é escolher os canais utilizados para fazer a comunicação da empresa com os candidatos. Existem diversas abordagens.

E-mail marketing

A comunicação pode ocorrer por e-mail, divulgando a cultura da empresa, a proposta de valor para o profissional ou o processo seletivo. Além disso, a empresa pode usar a produção de conteúdo em áudio, texto ou vídeo para se posicionar como autoridade em seu segmento, enviando materiais para os interessados.

Redes sociais

As redes sociais também são uma ferramenta poderosa. Nelas, podemos construir autoridade, divulgar o dia a dia da empresa ou, até mesmo, usar anúncios pagos. É importante, nesse caso, refletir bastante sobre a voz da organização— formal, informal, didática etc. — para que os profissionais tenham uma imagem adequada.

Plataformas de recrutamento

A internet trouxe ainda as plataformas criadas para aproximar candidatos e empresas. Aqui na trampos, por exemplo, você consegue se conectar com mais de 500.000 talentos cadastrados, além de construir uma página da empresa para divulgar a marca empregadora e centralizar os anúncios.

[screenshot]

Site institucional

Manter o site institucional atualizado com conteúdo sobre a história, localização, objetivos,  cultura e demais características da organização é outra prática relevante. Mesmo quando conhecem por outros canais, o caminho mais natural é o talento pesquisar pelas informações oficiais para decidir pela participação no processo seletivo.

Parcerias

Por fim, algumas vagas podem se beneficiar de parcerias. É o caso, por exemplo, de uma estratégia para contratar trainees e estagiários, realizada junto às instituições de ensino da sua região. Igualmente, é um benefício do acesso a um banco de talentos, em que pode enviar comunicações diretamente para os profissionais que interessam a empresa.

Fixe os indicadores de desempenho

Os responsáveis pelo projeto devem definir métricas para saber se a estratégia atingiu os objetivos propostos. A lista exata de key performance indicartors (KPIs), ou indicadores-chave de desempenho, depende das prioridades escolhidas. Como exemplo, podemos citar cinco muito importantes:

  • número de currículos enviados;
  • conversão de acessos no site em candidaturas;
  • percentual de vagas fechadas no prazo;
  • custos de recrutamento por vaga;
  • pesquisa de satisfação com o candidato.

Lembre-se, por fim, de que o recrutamento sempre fará parte da rotina da empresa. Logo, após coletar os indicadores, tome o feedback como uma oportunidade de melhoria e modifique a estratégia até encontrar o modelo ideal.

O marketing de recrutamento traz inúmeras ferramentas para sua empresa se comunicar com os talentos. A partir delas, conduzimos os profissionais qualificados técnica e comportamentalmente por uma jornada, que termina com o ingresso nos quadros da organização. Logo, melhoramos nossa capacidade de atender às necessidades da empresa.

[call-recrutadores source=”24257-plano-de-recrutamento” titulo=”Comece a publicar suas vagas agora”]

DEIXE UM COMENTÁRIO