2016-05-31_guia-business-inteligence

A internet é uma fonte inesgotável de informações, mas elas só fazem sentido quando são organizadas e analisadas por profissionais capazes de transformar dados online em inteligência. Essa é a principal tarefa de um profissional de Business Intelligence, ou em português, Inteligência de Negócios.

Leia também:
» Guia de Profissões: Profissional de SEO
» Infográfico: Google Ads vs. Facebook Ads
» Como utilizar os seus diferenciais para se destacar

Nesse caso, inteligência significa o conjunto de informações que podem ser usadas de forma estratégica para atingir determinados resultados. Por ser uma análise capaz de prever o andamento de uma campanha ou o comportamento de clientes e consumidores, o trabalho de um Analista de Business Intelligence orienta o caminho de outros profissionais da empresa, principalmente na área financeira e de marketing.

A área de Business Intelligence é responsável por análises micro e macroscópicas do mercado a fim de otimizar a gestão dos negócios. Por isso, a demanda por profissionais qualificados para analisar e compreender dados é diretamente proporcional à quantidade de dados gerados e acumulados todos os dias. A partir da análise de dados, o profissional de BI define novos padrões e melhores práticas de desenvolvimento, além de identificar bases de dados que serão fontes de informação para o crescimento da empresa.

As funções de Business Intelligence são tão analíticas e técnicas que estão relacionadas a outro profissional, o Data Scientist (Cientista de Dados). O ponto crucial dessas áreas é a maneira como elas extraem conhecimento de diversos tipos de dados, sejam eles estruturados ou não.

O QUE FAZ?

Em linhas gerais, o profissional de Business Intelligence controla e analisa as iniciativas do cliente no ambiente digital, bem como seus indicadores e metas. A princípio, para aqueles que não pertencem à área de tecnologia, é difícil imaginar a dimensão e o trabalho com dados virtuais, mas o volume é bem significativo, já que a preparação dessas informações leva mais tempo do que a análise em si.

O primeiro passo é avaliar as necessidades da empresa, observar empresas concorrentes e reunir todas as informações relevantes (dados dos clientes através de um sistema CRM, Google Analytics, etc.). Em seguida, é feita a limpeza desses dados, ou seja, identificar e corrigir informações duplicadas ou inválidas. Por fim, o profissional de BI analisa o material organizado e comunica os resultados.

É responsabilidade do especialista em BI garantir a qualidade dos dados, das integrações e a consistência dos relatórios, além de automatizar documentos para uso recorrente. A qualificação técnica representa boa parte das habilidades, mas entender objetivos de negócio é imprescindível para extrair dados relevantes, analisá-los, obter informações importantes e apresentar conclusões.

QUANTO GANHA?

Conforme os dados das oportunidades divulgadas no trampos.co, a faixa salarial de um Analista varia entre R$ 2.000 e R$ 5.000. Já para cargos de nível Sênior, os salários começam em R$ 3.500 e podem chegar a R$ 10.000. Não há tantas oportunidades para estagiários, mas a bolsa costuma ser de R$ 1.000, o valor do mercado.

PERFIL E CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL

Sem dúvida, a organização e a atenção são as principais características do profissional de Business Intelligence. Ou seja, não basta se encaixar no perfil analítico, é preciso disciplina e planejamento para garimpar as melhores informações e compreender o que elas dizem.

Outro requisito bastante exigido é o raciocínio lógico orientado a negócios, assim, tarefas como a pesquisa de concorrência e o monitoramento de resultados são realizadas de maneira mais eficiente. Além disso, visão estratégica e de mercado também permitem abordar problemas de comunicação corretamente e traçar novos planos de campanha. Aliás, dentre as competências pessoais, é importante ter capacidade para gerenciar e resolver problemas.

O perfil dos profissionais que trabalham analisando dados online é sempre muito parecido, o que os diferencia é o propósito da pesquisa e quais métodos são utilizados. Então, especialistas em SEO devem ter conhecimentos de Marketing, enquanto especialistas em BI normalmente possuem formação completa (ou bons conhecimentos) em Tecnologia da Informação, Engenharia da Computação ou Ciências da Computação. Certificados Google AdWords e Google Analytics são fundamentais para começar e ter sucesso na carreira.

MERCADO DE TRABALHO

A maioria das novas áreas de tecnologia vive um bom momento, uma vez que se concentram em setores pouco explorados e repletos de oportunidades. A área de Business Intelligence é especialmente atrativa porque se ocupa do desenvolvimento de questões estratégicas das empresas, influenciando nas decisões e avaliando riscos.

Como já dito, a área de atuação é vasta em empresas que precisam extrair dados de softwares e agências que querem direcionar campanhas de marketing a partir de dados.

Colabore com esse material e com os futuros profissionais compartilhando suas experiências nos comentários abaixo. Veja mais posts sobre Guia de Profissões.

Obtenha o requisito básico para trabalho com BI: Analytics

Após este curso, você conhecerá as melhores práticas para utilizar o Analytics, a ferramenta de mensuração de dados mais poderosa e utilizada do mundo digital, e saberá como melhorar os resultados e eficácia das suas campanhas.

Ministrantes
  • Vinicius Marino, Analista de Dados Sr.
  • Bruno Mercadante, Data Engineer

DEIXE UM COMENTÁRIO