Guia de Profissões: Designer UX

O(a) Designer UX (abreviação de User Experience ou “Experiência do Usuário”, em tradução literal) é responsável, como o próprio nome diz, por garantir que o design projetado atenda a todas as necessidades dos usuários, garantindo sua satisfação ao interagir com a empresa, plataformas ou marcas.

Leia também:
» O futuro do Experience Design
» Guia de Profissões: Designer de Interfaces
» Infográfico: elementos e princípios do Design

Este(a) profissional é essencial para a construção visual de qualquer plataforma, não se limitando somente a projetos de websites, como também aplicações para desktop, web apps, banners, sistemas e até mesmo interfaces em dispositivos móveis.

 

O QUE FAZ?

O(a) Designer UX é quem realiza, principalmente, a elaboração de mapas de navegação do usuário, testes de usabilidade, criação, desenvolvimento e implementação de soluções inovadoras e atraentes, prototipação, fluxo do usuário e de processos, ligando a interação comunicativa às ideias de Design. 

Depois de realizados os testes, juntamente com o feedback de usuários, ele poderá também otimizar as plataformas criadas, realizando a documentação de todos os processos.

Ele(a) também é responsável por realizar benchmarks, estudos de aprimoramento, criando padrões de navegabilidade voltados a otimização de performance, engajamento e taxas de conversão de diversas plataformas.

 

E qual a diferença do Designer UX para o UI?

Os dois são responsáveis por projetar e desenhar a plataforma necessária. A diferença é o foco: o do Designer UX é garantir que experiência do usuário seja perfeita, para garantir a permanência dele no site, sua melhor interação com os processos e marca, ou até mesmo a conversão. Já o Design UI tem como objetivo o desenho e projeção da interface, a parte visual da interface, pensando na melhor, mais bonita e mais inovadora solução possível.

No fim das contas, como mostra a representação abaixo, criada por Dan Staffer, o Design UX acaba englobando também o UI:

Por isso, apesar de serem diferentes na descrição e em suas funções, essas duas áreas devem caminhar juntas para garantir a melhor performance ou resultado de uma plataforma. Não é a toa que é mais comum ter vagas para “Designer UI / UX” do que só um ou outro.

 

QUANTO GANHA?

Conforme os dados das oportunidades divulgadas no trampos.co, a faixa salarial de um(a) Designer UX varia entre R$ 2.000 e R$ 4.000. Um(a) profissional Sênior trabalhando em grandes empresas nacionais ou internacionais pode receber até R$ 8.000.

 

PERFIL E CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL

Para um Designer UX, é essencial ter conhecimentos técnicos em ferramentas de design, principalmente Illustrator, Photoshop e InDesign. Conhecimentos em Material Design, Flat DesignPara a protipação, criação de wireframes e outras atividades, é necessário também conhecer Axure, Invision, Marvel, MidNode, OmniGraffle, Sketch, Fluid, LucidChart ou outras ferramentas.

Como características pessoais, é necessário:

  • Excelente habilidade de design com sensibilidade para interação dos usuários
  • Excelente habilidade de comunicação e apresentação de ideais
  • Saber resolver problemas criativamente e de forma eficas
  • Antenado às ultimas tendências, técnicas e tecnologias da área, com atualização frequente

Quando se trata de websites ou plataformas online, é requisitado que o candidato conheça também fundamentos de layouts responsivos, web design, noções de HTML e CSS, e ferramentas como Google Web Designer. Já para Designers voltados ao Mobile, é importante conhecer as guidelines de cada um dos sistemas operacionais.

Como diferenciais, destacam-se portfólio consistente na área, experiências sólidas, Motion Design e edição de vídeos, ilustração, graduação em Design Gráfico, Design Digital, ou áreas afins e especializações na área de UX. 

 

 

MERCADO DE TRABALHO

Como mencionado no nosso artigo “O futuro do Experience Design“, a experiência do usuário é essencial para a comunidade empresarial. Segundo um estudo da Hyper Island, a experiência do usuário já teria ultrapassado o preço e até mesmo o próprio produto como diferenciais importantes na decisão de compra.

É importante garantir que o que usuário pensa sobre a marca, empresa, produto ou serviço e o que ele recebe como produto final estejam alinhados. Sem isso, a insatisfação e a busca pela concorrência só tende a aumentar. Para isso, é essencial a atuação de um(a) Designer UX, para garantir a inovação de produtos e, é claro, a venda.

 

Colabore com esse material e com os futuros profissionais compartilhando suas experiências nos comentários abaixo. Veja mais posts sobre Guia de Profissões.

Confira os trampos na área

DEIXE UM COMENTÁRIO