As 4 características essenciais que Warren Buffett procura em um líder

2015-11-26_warren_buffett

Tem havido uma intensa especulação sobre quem Warren Buffett, que logo celebrará seu 85º aniversário, irá escolher como seu sucessor para a posição de CEO da Berkshire Hathaway. Para alimentar a fogueira, Buffett recentemente divulgou sua 50ª carta aos acionistas da Berkshire Hathaway, onde ele e seu associado, Charlie Munger, falam sobre as características que procuram em um CEO – características que eles certamente procurarão quando chegar a hora de nomear um sucessor.

Então, o que é necessário para ser um líder de négocios na visão de Buffett? Estas quatro características.

1. Confiabilidade

Sem surpresas aqui. Você não pode liderar uma empresa se sua equipe, seus clientes e o público não acreditarem em você e no seu julgamento. Construir a confiança não é uma tarefa fácil quando se trata de liderar uma empresa ou, até, uma equipe.

Para fazer isso, pense em consistência, comunicação e compaixão. Você precisa ser o tipo de pessoa que sempre honra seus compromissos, discute assuntos com transparência e, mais importante, transpira bondade. Não, você não tem que gostar de alguém para acreditar nele, mas isso definitivamente ajuda.

2. Habilidades

Outro modo de se construir confiança é sendo bom, realmente bom no que faz. Ser altamente habilidoso mostra respeito e, para as pessoas mais analíticas da empresa, este é o único modo de conquistá-los.

Buffett, investidor experiente responsável pela alocação de capital na Berkshire Hathaway, irá, sem dúvidas, considerar isso como característica essencial quando for escolher um sucessor. Além da habilidade técnica, outras habilidades intangíveis relacionadas ao pensamento estratégico, gerenciamento de projetos ou relacionamento interpessoal também são procuradas e, frequentemente, fazem a diferença entre a a liderança medíocre e a inspiradora.

3. Energia

Não é somente o que você pode fazer; também é importante a maneira como você faz. Quando se é líder de uma empresa ou equipe, todos os olhos estão te vendo. É importante ser autoconsciente quando se é líder e entender que você deve incluir energia e entusiasmo em suas ações. A diferença entre um chefe que, digamos, foi forçado a oferecer férias e um chefe que deu férias para garantir a felicidade dos seus funcionários não é difícil de ser visualizada. Seja o último caso.

4. Amor pela empresa

Esta é, talvez, a característica mais inesperada desta lista. Buffett espera mais do que alguém que possa fazer o trabalho e que seja aceito pelos outros. Ele quer alguém que verdadeiramente ame a empresa. Isso vai além de ser animado com o produto. Não é só atingir os requerimentos da vaga ou ter certificações. É ter paixão pelo negócio e cuidar do crescimento dele.

Na verdade, pensando bem, talvez não seja surpresa visto que a Berkshire Hathaway representa o trabalho da vida de Buffett. Na Berkshire ou em qualquer outra empresa, assumir uma posição de liderança é mais do que ser promovido. É se tornar um tutor.

A liderança é diferente em outros lugares – e mesmo que estas quatro características venham dos dois líderes da Berkshire Hathaway – elas transcendem indústrias e empresas. Afinal de contas, Buffett não alcançaria o sucesso se não fosse capaz de reconhecer uma boa liderança.

Texto originalmente publicado por Vernon Gunnarson no site The Muse. Traduzido e adaptado pela equipe do Tutano.

Podemos te ajudar a encontrar os melhores profissionais

Divulgue, Gerencie, Contrate. Conheça nossa plataforma de publicação de vagas e encontre o candidato ideal.

DEIXE UM COMENTÁRIO