Sobra mês no fim do salário?

salario-cover

Pergunta: Quem sabe o que é um fluxo de caixa? Levanta a mão aí!

“Ah isso é coisa de administrador, financeiro, contador, pessoas de exatas, gente que joga sudoku, etc.”.

De acordo com o Sebrae, “o fluxo de caixa é o primeiro passo para a análise financeira e deve projetar todas as entradas e as saídas de recursos financeiros”.

Ou seja, é uma planilha onde você anota tudo que ganha e tudo que gasta. Simples, não é? Ao anotar tudo, você vai saber o quanto gasta por mês, o quanto sobra e o quanto pode guardar ou investir.

Então por que “sobra mês no fim do salário“? Ora, você sabe responder essa pergunta!

salario-wait

Você gasta mais do que ganha.

Depois de pagar as contas, quanto sobrou do seu salário no mês passado? Pelo menos uns 20%? Menos que isso? Nada?

Sobrou mais de 20% do salário

Ótimo! Pode parar de ler esse texto, não tenho nada para acrescentar. Sério, se você consegue chegar no fim do mês com mais de 20% do salário ainda na conta, meus parabéns, você deve ser alguém que segue as dicas da Mara Luquet.

Menos que 20% do salário

Hum… Se isso acontece de vez em quando, tudo bem. Talvez você tenha passado por um mês difícil, gastos inesperados podem acontecer. Mas se você está fechando todo mês com menos de 20% do salário na conta, está na hora de descobrir para onde está indo seu dinheiro.

Não sobrou nada (ou pior, ficou no negativo)

Vish! Então você trabalha só para pagar dívidas, é isso? Que saco, hein! Já passei por isso (de vez em quando ainda passo) e sei bem como é. Agora é mais que obrigatório montar um controle dos gastos.

Quando alguém me pergunta qual é o segredo para fazer o salário durar, eu respondo: nenhum.

Porque não é segredo algum. Na TV, na internet, até na mesa do bar, você ouve diversas dicas de como economizar e fazer o dinheiro render. Porém, o que funciona para uns, não funciona para outros. O primeiro passo é montar um controle de gastos, o famoso fluxo de caixa no qual falei no início desse texto.

Você pode montar uma planilha no Excel, pode usar algum aplicativo de smartphone que faça isso ou pode pegar uma folha de papel e começar a escrever (é o que eu faço).

Na parte da frente, anote o quanto você recebe por mês. No verso, escreva quanto foi gasto. Lembre-se de descrever todos os gastos que você teve, até aquele pão de queijo que você comprou na saída do metrô. É importante detalhar cada gasto.

salario-gummy

De todos esses gastos, separe o que é necessidade e o que é desejo.

Do total que você recebe, subtraia os gastos com necessidade. O resultado será sua renda líquida. Da renda líquida, separe 20% e coloque na poupança. Nunca mexa na poupança. Nunca!

O valor que restar é o quanto você realmente pode gastar por mês. Desse valor, subtraia a fatura do cartão e as outras despesas recorrentes (por exemplo: assinatura do Netflix).

Pegue o que sobrar e divida por 30. Fica mais fácil controlar os gastos quando você sabe o quanto pode gastar por dia. Mas, se depois de pagar a fatura do cartão e as assinaturas, não sobrar nada na conta, você está gastando acima do que pode e isso é perigoso.

Analise a fatura do cartão e veja quais foram as compras. Tem muita coisa parcelada? Não recomendo fazer compras parceladas porque, enquanto aquela dívida ainda está sendo paga, a tendência é você assumir novas dívidas. Uma dica: não deixe o valor da fatura ultrapassar 40% do seu salário e sempre pague o valor total da fatura. Os juros do cartão são absurdos! É preferível você pedir um “pai-trocínio” (se tiver essa possibilidade) e quitar o cartão do que pagar o mínimo.

Sempre que possível, compre à vista. Aliás, uma coisa que faço é esperar pelo menos uma semana antes de comprar. Se encontro algo que quero (e não preciso), pesquiso por preços menores. Ao encontrar o menor preço, eu aguardo uma semana para ver se, até lá, vou querer comprar. Geralmente o desejo passa e eu economizo.

Outra coisa que acho legal é ter uma meta, um sonho. Se você quer viajar ano que vem, veja o valor que vai precisar e programe-se para guardar um pouquinho na poupança todo mês. Melhor do que passar o valor da viagem no cartão, ir viajar, voltar pra casa e ter um ano todo de parcelas a pagar! O sonho vira pesadelo.

salario-money

Resumindo: não gaste mais do que ganha, guarde um valor todo mês e, antes de gastar, se pergunte se é por necessidade ou por desejo.

Essa é a maneira como controlo meus gastos. Já passei por apertos e, hoje em dia, consigo respirar no fim do mês. Nem que para isso eu tenha que ser chamado de pão-duro frequentemente.

DEIXE UM COMENTÁRIO