★ Por que um desenvolvedor front-end deve saber React?

Por que um desenvolvedor front-end deve saber React?

Utilizada em milhões de aplicações, JavaScript certamente está entre as linguagens de programação mais importantes do mundo.

Muito desse sucesso se deve à sua capacidade de se reinventar e aos frameworks e bibliotecas que a tem como base, o que permite que ela atinja novos patamares constantemente.

Leia também:
» Os profissionais mais procurados em 2017
» Por que o Front-end é tão importante para o sucesso de empresas?
» Guia de Profissões: Desenvolvedor(a) Front-End

O React – criado por funcionários do Facebook e tema do programa Nanodegree Desenvolvedor React, da Udacity – faz parte dessa realidade.

Trata-se de uma biblioteca JavaScript declarativa, eficiente e flexível para a criação de User Interfaces (UI), também conhecidas como interfaces de usuário.

Simples e leve, React permite que qualquer desenvolvedor JavaScript entenda o básico e comece a criar aplicações modernas com pouco tempo de estudo, incluindo para aplicações móveis, o que é feito com React Native.

Ser “fácil” não é a única, nem a melhor razão pela qual um desenvolvedor front-end deve aprender React.

Veja abaixo mais 3 razões para estudar React na Udacity e avançar na carreira como desenvolvedor front-end!

1. React está em alta no mercado

Há dois ótimos indicadores na hora de buscar uma nova ferramenta para aprender: quais são as empresas que a utilizam e quantas pessoas estão atualmente envolvidas com ela.

O primeiro indicador representa o mercado de trabalho e o segundo, a comunidade ativa.

Quanto mais companhias usam uma tecnologia, maior é seu mercado de trabalho. E no caso do React, o mercado está aquecido: grandes empresas que utilizam essa biblioteca incluem Facebook, Instagram, Netflix, PayPal, Airbnb, Amazon Videos, eBay e Asana.

Pesquisas recentes comprovam uma alta geral em ofertas. De acordo com o último relatório “Fast 50”, do portal Freelancer.com, React está entre as habilidades que mais cresceram na plataforma: o número de oportunidades aumentou em 15,5% nos últimos três meses de 2017.

Como uma coisa puxa a outra, a quantidade de pessoas interessadas e que trabalham com React e React Native também cresce.

Também em 2017, a pesquisa anual do Stack Overflow, uma das principais comunidades online para desenvolvedores, trouxe dados interessantes sobre o tema: React apareceu como a quarta tecnologia em sua categoria mais utilizada por profissionais – e também a mais amada.

Esses são fatores importantes. Quanto maior for a comunidade ativa, mais fácil será encontrar soluções para problemas em que o programador esbarra durante a criação de sua aplicação e maior será a quantidade disponível de de tutoriais, cursos, ferramentas e plugins.

2. React é veloz e tem componentes reutilizáveis

Quem já trabalha com JavaScript para criar aplicações complexas sabe que um dos maiores gargalos é a atualização do DOM (Document Object Model) durante as interações e mudanças de estados dos elementos da página.

Ler e escrever no DOM repetidamente leva à perda de velocidade na renderização. Em resumo, o aplicativo fica pesado, lento e com baixa performance.

Pensando nisso, o React introduziu o chamado Virtual DOM, que guarda o estado de cada componente. Quando há alguma mudança no estado desses elementos, o Virtual DOM analisa as diferenças para encontrar o “caminho mais fácil” para concretizar a atualização.

O DOM em si só é atualizado depois da atualização do Virtual DOM, o que garante o mínimo possível de ações de escritura e leitura sejam feitas – o que resulta em uma ótima performance.

Outro aspecto de React que traz agilidade é sua estrutura em componentes.

A ideia é simples: imagine que cada pequeno elemento de uma aplicação, como um botão, é um componente que deverá ser agrupado em componentes maiores, como um formulário. Este, enfim, é agrupado em um componente raiz — a sua aplicação.

No React, cada componente é independente, possui sua própria lógica interna e decide como deverá ser renderizado e atualizado.

Isso traz grandes vantagens para os desenvolvedores, entre elas:

  • Todo componente pode ser reutilizado em novas partes de sua aplicação sem precisar ser recriado
  • A aplicação fica bem organizada e escalável, ou seja, de fácil manutenção, mesmo que cresça em complexidade e tamanho
  • O desenvolvimento fica mais rápido e limpo

3. React é flexível

Learn Once, Write Anywhere: aprenda uma vez, escreva em qualquer lugar. Essa frase, que se encontra na página principal do React, resume bem outras vantagens de se aprender a biblioteca.

Primeiramente, é possível escrever aplicações em React que se renderizam em back-end. Isso permite criar páginas que carregam mais rápido e dependem menos do navegador do usuário para funcionar – e é ótimo para estratégias de SEO.

Em segundo lugar, com a ajuda do framework React Native, é possível criar aplicativos móveis para iOS e Android usando apenas JavaScript e a mesma estrutura de componentes que o React propõe.

Isso é um grande diferencial para os desenvolvedores front-end e traz um mundo de oportunidades no mercado de trabalho.

Aprenda React em quatro meses com a Udacity

Está convencido sobre a importância de aprender React para a carreira de um desenvolvedor front-end moderno? Então é hora de começar os estudos e dominar esta ferramenta.

Conhecida como Universidade do Vale do Silício, a Udacity criou o programa Nanodegree Desenvolvedor React em parceria com o React Training, empresa que treina funcionários das 500 maiores empresas do mundo. Este curso online já está disponível em português.

Ao longo de quatro meses, você aprenderá as melhores práticas com especialistas, aplicará seus conhecimentos em 3 projetos diferentes e receberá feedback individual para acelerar seu aprendizado, além de suporte profissional para encontrar novas oportunidades de carreira.

Solicite a ementa do curso e inscreva-se por este link.

DEIXE UM COMENTÁRIO