Como o conteúdo pode atrair a nova geração de talentos

millenials-job-search3

Uma pesquisa do Pew Research Center aponta que este ano a geração de Millennials (18 a 34 anos), alcançará oficialmente Baby Boomers como a geração mais populosa nos Estados Unidos.

No ano passado, a empresa de pesquisa de mercado GlobalWebIndex chegou a conclusão de que Baby Boomers estão cada vez mais sociais (70% têm contas no Facebook) e que Millennials é a geração mais conectada.

Esses dois dados mostram que os recrutadores precisam pensar sobre como esses jovens se apresentam ao mercado de trabalho. Como as empresas podem desenvolver estratégias para atrair e reter os talentos mais brilhantes da geração mais recente?

SEJA SOCIAL
Uma pesquisa realizada pela agência de marketing de conteúdo Enveritas Group analisou um grupo de recém formados no segundo grau e constatou que mais da metade (57%) utiliza Facebook, Twitter, Google Plus e blogs universitários para fazer a busca por trabalho.

Por isso, o desafio das empresas reside em aproveitar essas redes no serviço de recrutamento. É preciso criar uma conversa. A MasterCard Canadá adotou essa abordagem em sua campanha #internswanted, utilizando o Twitter para recrutar estagiários.

mastercard2

Os interessados deveriam apresentar uma ideia de produto/app/técnica que pode ser usada para substituir o dinheiro no futuro. Os concorrentes foram julgados na quantidade de “favoritadas” e “retweets” na ideia postada.

Com isso, a MasterCard recebeu 532 inscrições. O número de candidatos de qualidade foi tão grande que a empresa expandiu o número de contratações e lançou programas na China, Cingapura, Itália e Turquia.

EXPONHA SUA CULTURA
Em 2011, a PWC realizou uma pesquisa para descobrir o que os jovens trabalhadores levam em consideração na escolha de um trampo. Quase 60% respondeu que considera se candidatar para um trabalho quando o empregador usa tecnologia de ponta [state-of-the-art].

Oferecer um site de carreira corporativo interativo e atrativo é um caminho para demonstrar o compromisso com a tecnologia de ponta.

qualcomm

A Qualcomm, empresa de semicondutores, deu destaque, em sua home, para a página de “trabalhe conosco”. Apesar de não oferecer um produto que atinge o consumidor final, a empresa conseguiu atrair os olhares dos jovens com design e experiência diferenciados, motivando quem acessa a página a se aplicar para as oportunidades.

O site explica como a empresa dedica-se à inovação e deixa claro qual é a cultura organizacional. Além disso, as oportunidades estão listadas de forma organizada e a busca flui. Não é de admirar que a Qualcomm foi nomeada o “Melhor empregadora da Geração Y” pelo PayScale.

A CAMPANHA DE RECRUTAMENTO É UM LEGADO
O estudo Gallup 2014 revelou que o mais importante para manter Millennials, Geração X e Baby Boomers é “assegurar que os funcionários têm a oportunidade de atuar no que sabem fazer melhor e sempre enfatizar a missão e propósito de cada um”.

Isso significa que as empresas precisam encontrar maneiras de comunicar a sua cultura e valores de trabalho para as potenciais contratações. Os jovens também tendem a ser motivados por elogios e reconhecimento público, como comprova o recente aumento nos programas de recompensas.

loreal

A L’Oréal, há mais de 20 anos, demonstra ter essa preocupação lançando anualmente o Brandstorm, sua competição de recrutamento baseado em um jogo de negócios. O programa desafia pessoas do mundo inteiro a criar uma ideia de produto e desenvolver um plano de marketing para uma das marcas da L’Oréal.

Os finalistas ganham uma viagem para Paris e a oportunidade de apresentar a ideia aos executivos da empresa. No ano passado, o concurso recebeu mais de 13 mil inscrições de estudantes, com finalistas provenientes de 44 países.

Criar estratégias de contratação é um trabalho constante andamento, mas as empresas não deveriam sentir-se limitadas ao formato de recrutamento clássico para cortejar jovens talentos. Como mostram os exemplos acima, nunca houve um melhor momento para experimentar.

conteúdo via Sparksheet

DEIXE UM COMENTÁRIO