Deu branco na hora da apresentação? Saiba o que fazer

2016-11-01_branco-na-apresentacao

Sempre digo para os meus alunos: não é “se” acontecer. É “quando” acontecer. Porque é quase uma certeza de que você vai ter um “branco” em alguma apresentação na sua vida. Mas não se desespere: quando esse relapso acontecer, saiba o que pode ser feito para retomar o seu pensamento e continuar seus slides.

Leia também:
» Como criar uma apresentação de qualidade?
» Histórias em apresentações: como usá-las para envolver seu público
» Como criar uma apresentação profissional visualmente cativante

Confira as dicas:

Mantenha o contato visual

Caso você esqueça o seu conteúdo, continue mantendo o foco visual com sua plateia. Parece que esse ato vai te deixar mais nervoso, mas manter o contato visual é um ótimo artifício para reduzir a ansiedade.

Ao manter o olhar seguro, trabalhe com a pausa dramática. Afinal, seu público não sabe o que deveria acontecer naquele slide. Só você sabe. Portanto, a soma do olhar com a pausa vai indicar que você parou propositalmente, reforçando o seu último argumento. Esta pequena pausa pode ser tudo o que você precisa para voltar retomar o pensamento e é infinitamente melhor do que olhar para o teto em desespero.

Ganhe tempo

Ganhar tempo pode diminuir o nervosismo e te fazer lembrar das palavras. Assim, você pode fazer alguma pergunta à plateia, checar o seu material ou até mesmo mudar de slide. Outra dica bastante válida é repetir a última informação apresentada. Retoma-la com outras palavras e reforçar algum ponto importante.

Apoie-se nos seus recursos visuais

Quando criamos slides e apresentações, a ideia é que esse material cumpra com dois objetivos ao mesmo tempo: ilustrar conteúdos informando o seu público, mas também como gatilhos visuais para o seu discurso. Portanto, na hora de criar seus slides, descubra qual deles funciona melhor para você: imagens, textos, ícones, key-messages, etc.

Lembre-se: quem faz o show é você, não a sua apresentação. Assim, o visual não deve substituir o seu discurso, e sim reforçar suas mensagens, de preferência com representações gráficas que alcancem resultados de comunicação que suas palavras sozinhas não conseguem. Caso você se perca, é sempre possível recorrer ao seu auxílio visual para te ajudar, mas não caia na armadilha de se prender a ler o seu conteúdo durante sua apresentação.

Peça ajuda

Em alguns contextos, é aceitável pedir ao público uma indicação de onde você estava na sua apresentação. Lógico que essa dica é mais apropriada em ambientes casuais, particularmente em um ambiente mais interativo, onde a apresentação tem bastante interação com a plateia e o apresentador pode ficar mais “relaxado” e conduzi-la como uma grande dinâmica.

Não decore: entenda

Quanto mais você se preparar, melhor você vai ser capaz de lidar com qualquer situação mais complicada na sua apresentação. Não é possível evitar completamente um momento de “branco” na sua apresentação, mas é perfeitamente factível reduzir as chances dele acontecer se preparando e ensaiando o seu conteúdo.

Se você busca minimizar as chances de ter um “branco” durante sua apresentação, esqueça decorar o seu conteúdo e foque-se em entende-lo da maneira mais ampla e profunda possível. Perceba que memorizar informações só aumentam as suas chances de esquecer algo e se perder no caminho. Ao invés de memorizar cada palavra que você vai dizer, entenda suas mensagens e suas posições no seu conteúdo.

E esse processo de pensamento em si pode ajudá-lo a recuperar rapidamente caso tenha um “branco”. Ele ainda é mais eficiente que decorar, porque se você precisar decorar um conteúdo, vai perceber que precisará ensaiar três vezes mais do que quando você apenas entende a ordem dos argumentos e onde deve chegar no final.

Ensaio. Ensaio. Ensaio

Há boas razões do porquê artistas e grandes apresentadores ensaiam tanto. Essa prática oferece um maior controle e consciência sobre o material, além de construir confiança. Assim, se você tiver um “branco” em algum momento, estará mais apto a manter a calma do que entrar em pânico. O domínio do material como um todo te ajuda a retomar o pensamento, não importa onde se deu o “branco”.

No geral, entender o macro da sua apresentação assim como a ordem dos argumentos e principalmente, o seu objetivo, vai te ajudar a criar “atalhos” caso tenha algum problema de esquecimento. O importante é alcançar o objetivo. Por isso, é no momento da criação do seu material que conseguimos minimizar as chances de dar um “branco” durante sua performance.

Aprenda mais técnicas para utilizar em apresentações

Este lab te ensina como transformar apresentações em poderosas ferramentas de comunicação.

quero saber mais sobre o curso!

Ministrante
Marco Franzolim
Sócio-fundador e Diretor de Planejamento
Monkey Business

DEIXE UM COMENTÁRIO