videomaker

Desde a popularização da televisão, o vídeo sempre foi muito utilizado para vender produtos e ideias. Atualmente, o vídeo tem sido o formato preferido das empresas para compartilhar conteúdo e interagir com o público. O Videomaker é o profissional responsável pela captação, edição e finalização de materiais audiovisuais.

Leia também:
» Guia de Profissões: Motion Designer
» Infográfico: os princípios do sucesso de vídeo marketing
» 7 erros sobre a criatividade e como potencializá-la

Sem dúvidas, o surgimento do YouTube foi fundamental para o aumento do volume de vídeos online. A mudança de comportamento dos usuários em relação a esse tipo de mídia também é bastante nítida.

Enviar vídeos, conversar através de aplicativos como o FaceTime e compartilhar momentos no Snapchat já fazem parte do dia a dia das pessoas. Mesmo um pouco tarde, no início de 2016 o Instagram finalmente percebeu o poder das imagens em movimento. Agora é possível postar vídeos de até 1 minuto – muito mais do que os 15 segundos disponíveis antes.

O conjunto dessas evoluções reflete diretamente no trabalho do Videomaker, que precisa acompanhar as novas linguagens, novos estilos de edição e até estudar a duração ideal de cada material.

O QUE FAZ?

As tarefas de um Videomaker não ficam restritas apenas à filmagem, pois o profissional estará envolvido em todo o processo de criação. Na pré-produção, deve participar de reuniões focadas no brainstorm e na seleção de locações. Os feedbacks também fazem parte dessa etapa inicial. A partir deles, a equipe propõe e implementa melhorias.

Em seguida temos a produção em si. O Videomaker cuidará de diversos ajustes para obter o melhor resultado, como: iluminação em locações internas e externas, câmera de vídeo e captação de áudio. Já a edição e a finalização acontecem durante a pós-produção, bem como a conversão e o upload do material. Este é o momento em que recursos audiovisuais são incluídos para que a edição esteja de acordo com o objetivo planejado.

Outras atividades presentes na rotina do Videomaker são a montagem/desmontagem do set de gravação, a organização de equipamentos e de arquivos dentro da área de pós-produção.

QUANTO GANHA?

Conforme os dados das oportunidades divulgadas no trampos.co, o salário de um Videomaker Pleno pode chegar a R$ 5.000.

PERFIL E CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL

Assim como tantas outras profissões criativas, é importante que o Videomaker seja inovador e pense em formas interessantes de apresentar seu trabalho. É essencial ter uma boa bagagem de referências e ter noções de diferentes estilos de arte.

Os principais conhecimentos técnicos necessários são edição, finalização, tratamento de imagem, captação de imagens, manuseio de equipamentos de câmera e áudio. A partir daí, o profissional deve dominar softwares específicos para cada etapa. Photoshop e Lightroom auxiliam no tratamento de imagens. Illustrator e After Effects são úteis para criação e inserção de motion designs. Já a edição de imagens pode ser feita utilizando o Premiere Pro ou o Final Cut Pro.

Apesar de ser possível trabalhar na área sendo autodidata, muitos recrutadores exigem formação em cursos como Publicidade e Propaganda, Rádio e TV, Cinema, Edição de Vídeos ou Multimídia. Cursos na área de Motion Design são um ótimo diferencial para o currículo. Por fim, não deixe de montar um portfólio para apresentar seus trabalhos.

MERCADO DE TRABALHO

Por ser um formato atrativo e de fácil acesso, a produção de conteúdo em vídeo segue crescendo. Cada vez mais empresas apostam em vídeos para que a audiência gere bons resultados no futuro.

É possível encontrar oportunidades em várias áreas diferentes além dos tradicionais canais e agências de comunicação. O profissional pode gravar aulas online, receitas para canais no YouTube, vídeos com foco em treinamentos, entre outros. Novas empresas como o Nubank e a Best Berry também utilizam vídeos para dialogar e se aproximar dos clientes.

Colabore com esse material e com os futuros profissionais compartilhando suas experiências nos comentários abaixo. Veja mais posts sobre Guia de Profissões.

Conheça as melhores práticas para criar um bom canal no YouTube

Melhore a sua compreensão de como uma estratégia de desenvolvimento de canal no YouTube pode ser pensada e transforme uma ideia de projeto em uma série de vídeos.

Ministrante
Wagner Martins
(Mr Manson)

Sócio-fundador da

DEIXE UM COMENTÁRIO