As 7 contratações mais importantes para pequenas empresas

2016-06-07_cargo-pequenas-empresas

Quase todas as pequenas empresas começam como uma banda de um homem só (ou uma mulher só). O fundador pode cuidar das responsabilidades do CFO em um dia, como descobrir onde alocar recursos e obter financiamento externo, e no dia seguinte ele ou ela pode ficar atendendo ligações e fazendo prospecções de venda.

Leia também:
» Como avaliar as soft skills em uma entrevista?
» É (quase) impossível errar ao contratar pessoas que tenham essas 4 qualidades
» 15 dicas para melhorar suas habilidades como entrevistador

Até certo ponto, cabe aos proprietários de pequenos negócios serem engenhosos e lidarem com grande parte do trabalho. Mas, antes de ser tarde demais e suas empresas percam o timing do mercado, empreendedores precisam contratar para crescerem, mesmo que isso signifique assumir custos maiores.

“Uma pequena empresa deveria começar com um conjunto básico de contratações que são críticas para tirar o negócio do chão”, afirma Josh Tolan, CEO da Spark Hire, uma plataforma de vídeo entrevistas. “A partir daí, deve-se ter um plano para expandir a empresa com um novo conjunto de contratações”.

Aqui, especialistas de RH e de carreira falam das contratações mais importantes que uma pequena empresa provavelmente precisará fazer:

1. Gerente de Produto

Antes de ganharem reconhecimento, as pequenas empresas precisam contratar um especialista que entenda osprodutos ou serviços de dentro e fora da empresa. Mesmo que o fundador tenha carinho por um determinado produto, ele ou ela deve abandonar o controle a fim de oferecer a melhor opção ao cliente.

“O produto é o núcleo de qualquer negócio e a razão dele existir”, diz Mike Pugh, vice-presidente de marketing da j2 Global, empresa de gerenciamento de software para empresas. “Tem que haver alguém em sua empresa responsável pelo valor agregado que seu produto oferece”.

Um especialista em produto é capaz de entender e demonstrar porque o produto é importante para os consumidores, como ele é fabricado, como é vendido e como os concorrentes estão produzindo e comercializando.

“Você quer alguém que seja especialista no assunto”, afirma Sumona Banerjee, diretora de marketing de produto na Simply Hired. “Para um produto, essa contratação pode ser seu diretor de gerenciamento de produto ou, se for software, essa pessoa pode ser seu engenheiro chefe”.

2. Generalista de Marketing

Uma vez que a empresa sabe o que está oferecendo, sua próxima contratação deve ser um comerciante habilidoso – uma pessoa que saiba como prospectar clientes e explicar porque um produto ou serviço em particular é importante para eles. “Você precisa de alguém que entenda a sua visão e a articule através de palavras, imagens e mensagens”, diz Pugh.

Apesar disso ser o trabalho de uma equipe inteira futuramente, uma pequena empresa deve, primeiro, contratar um “pau pra toda obra” que entenda uma variedade de veículos – da TV ao Pinterest aos anúncios impressos e blogs – e que confortavelmente alterne as estratégias se uma delas se provar ineficaz.

“Há uma mudança fundamental no que o marketing significa hoje e você precisa ter um tipo tudo-em-um”, afirma Patrick Clark, cofundador da Hyrell, um software de gerenciamento de recrutamento. Entretanto, para uma pessoa proficiente em diversas áreas ter sucesso, o dono da empresa deve fornecer diretrizes específicas e um plano dinâmico de marketing. Sem isso, qualquer funcionário estará, essencialmente, atirando no escuro.

“Sua empresa provavelmente fracassará se você não der ao funcionário de marketing uma explicação clara do que você quer que ele persiga”, diz Zaid Zawaideh, cofundador e CTO da Sandglaz, um software de projeto e gerenciamento de tarefas. “Eles irão trabalhar com TV e mídias impressas ou irão construir uma comunidade?”.

Se a sua pessoa de marketing entender a missão, ela poderá criar uma estratégia e aumentar o alcance do cliente e sua conscientização.

Embora seja tentador procurar a contratação perfeita (um profissional de marketing formado em uma escola de prestígio com anos de experiência, por exemplo), os fundadores devem reconhecer que esses candidatos nem sempre estarão interessados em uma empresa iniciante que não tem credibilidade de marca. Em vez disso, pequenas empresas devem procurar por candidatos que demonstraram flexibilidade e aptidão em empregos anteriores, de acordo com Mary Ellen Slayter, especialista em carreira na Monster.

“Para pequenos negócios, é importante ter a mente aberta”, afirma. “Em minha empresa, precisei de uma pessoa que fosse ordenada, disciplinada, de pensamento rápido e que pudesse lidar com qualquer coisa que aparecesse. Não encontrei essas características em um formado em marketing. Eu encontrei em um ex-fuzileiro naval”, conta.

3. Representante de Vendas

Uma vez que a empresa tem um produto afinado para vender e um plano de marketing para levar esse produto ao mercado, o negócio está pronto para adicionar representantes comercial. Mas uma pequena empresa precisa contratar vendedores criteriosamente. Ao invés de pegar cinco de uma vez, os fundadores devem contratar um ou dois vendedores e ver se serão capazes de gerar leads em um ritmo constante. Contratar funcionários que você não precisa pode inviabilizar uma pequena empresa logo no início.

“Representantes de vendas são caros, então você não vai querer ter muitos representantes sem leads suficientes”, diz Clark. “Quando começar a contratar, tenha uma pessoa na sua equipe que possa vender e outra que possa fechar. Você vai querer expandir quando conseguir muitos leads e oportunidades”.

Quando uma empresa está financeiramente pronta para expandir e oferecer mais produtos e serviços, ela deve trazer mais vendedores para liderarem essa investida. De acordo com Pugh, adicionar mais representantes de vendas pode ser um dos melhores investimentos em pessoal que uma pequena empresa pode fazer.

“Vendedores são de uma raça diferente”, ele diz. “Você quer alguém que saiba que a missão é pegar o telefone, marcar reuniões e ter uma meta a ser vendida o dia todo”. “Meu foco seria primeiramente em funções que geram receita”, adiciona Leslie Barber, advogada de pequenas empresas na Intuit.

No começa da vida de uma startup, ser pago e fazer receita é o mais importante.

4. Profissional de Suporte ao Cliente

Em resumo, diversas pequenas empresas economizam nas relações com o cliente. Em vez de dar suporte aos clientes existentes e fazê-los manter o negócio com a empresa, os fundadores frequentemente lidam com o atendimento ao cliente em seu tempo livre, rebaixando reclamações e dúvidas para o degrau mais baixo da operação. O resultado são clientes ignorados que levam seu dinheiro para outro lugar.

“É infinitamente mais caro adquirir um novo cliente do que manter feliz um cliente existente”, afirma Clark. “A melhor maneira de mantê-los contigo é dando atenção à eles”;

Uma pequena empresa, quando estiver pronta para entregar seu produto em massa, precisa contratar um gerente de suporte ao cliente. Esta pessoa cuidará de todas as perguntas relacionadas aos produtos e vai garantir que eles não se percam nas dúvidas.

“Você precisa manter seus clientes e construir a área de atendimento em sua organização”, diz Banerjee. “Essas contratações irão ajudá-lo a responder perguntas dos clientes e a mantê-los felizes”

» Conheça mais sobre a área de Customer Success

5. Desenvolvimento de Negócios ou Analista Financeiro

Quando uma pequena empresa ganha atenção, precisa de uma pessoa analítica para complementar as equipes de venda e de marketing, afirma Banerjee. Ela recomenda contratar alguém com experiência em análise de dados que possa pesquisar como o negócio pode reduzir despesas e atingir clientes com mais eficiência.

“Você quer alguém que mastigue números”, ela diz. “Você poderia ter um contador ou um financeiro que enxergue a saúde do seu negócio – vendas, receita e despesas”. “Ou, poderia ser um analista de dados ou um analista de marketing que tente separar toda a pesquisa em pedaços de dados para que você possa usar essa informação e melhorar o crescimento do seu negócio.”

6. Profissional de Recursos Humanos

Muitos empresários começam fazendo suas próprias contratações, e por boas razões. Fundadores são específicos sobre quem querem contratar e gastar dinheiro com um gerente de RH em uma empresa de três pessoas não faz muito sentido.

À medida que a empresa cresce, entretanto, se torna uma necessidade ter alguém que não somente retire a pressão da contratação dos ombros do proprietário da empresa, como também lide com os benefícios e com a satisfação dos empregados.

“Em uma empresa pequena, é menos provável que você tenha um departamento de RH, especialmente quando há tecnologias que podem te ajudar inicialmente”, afirma Clark. “Mas, se você tem diversas funções diferentes, talvez seja melhor contratar um profissional de RH”, completa.

Em geral, de acordo com Banerjee, é melhor para os empresários que se concentrem no gerenciamento e no desenvolvimento do produto, não em complexas questões de saúde que eles pouco entendem. “Você precisa de alguém que cuide dos benefícios, compensação e folha de pagamento para ser capaz de executar o negócio e gerenciar seus funcionários”, afirma.

7. Contador

Mesmo que o trabalho seja feito por um terceirizado ou por um funcionário de meio-período, a contabilidade é outra função que os donos não precisam carregar uma vez que sua empresas atinjam um determinado tamanho onde são capazes de fazer mais contratações.

Slayter, por exemplo, diz que planejou desde o começo terceirizar seu trabalho administrativo para que não ficasse enterrada na burocracia enquanto outras áreas da sua empresa precisavam de atenção.

Ficar se preocupando com a contabilidade não é uma missão crucial para sua empresa. Contrate alguém para fazer isso.

Para empresas que esperam mais de um contador, Banerjee recomenda fazê-los – em adição à sua função normal de auditoria – preparar dados e relatórios financeiros que possam ser usados pelo setor de vendas, marketing e por equipes de desenvolvimento de negócios, para ajudá-los a melhorar seus trabalhos.

Quais foram as contratações mais importantes que você fez? Deixe seu comentário.

Podemos te ajudar a encontrar os melhores profissionais

Divulgue, Gerencie, Contrate. Conheça nossa plataforma de publicação de vagas e encontre o candidato ideal.

Texto originalmente publicado no site Mashable. Traduzido e adaptado pela equipe do Tutano.

DEIXE UM COMENTÁRIO